Assinatura RSS

Machismo na Boca de Um Palhaço

Publicado em

Leia antes: http://lobosagrado.blogspot.com/2009/11/se-te-chamarem-de-machista-apenas.html

Hoje eu entrei na internet e fui avisado sobre uma poça de vômito chamada Lobo Sagrado. Isso mesmo, não serei educado durante esta postagem, usarei das palavras de forma ríspida e suja, caso necessite. Se você não gostar, fuja.

Para que fique claro, machismo é o conceito que não admite a igualdade de sexos, e com isso, proclama maneiras de ser e de fazer pertencentes ao homem e outras à mulher. O machista é ligado ao machismo, simplesmente.

Ao vangloriar-se de ser machista, o indivíduo de cabeça gorda proclama com sua boca suja que é conivente com a submissão feminina, com a limitação das ações e das ideias de uma mulher ou de toda a classe feminina. É certo que um sujeito com valores morais de iniqüidade moral por sexo é, no mínimo, obtuso. Ficou fechado em uma bolha por um milênio e não conseguiu ler/ver o suficiente para entender que seu método já foi superado há muito tempo. Outra hipótese seria a vida feita no Oriente Médio, levando em consideração que isso não aconteceu, continuemos com o texto.

O grau de ridicularidade chega a um tamanho que não pode ser medido. Não dá pra saber se o autor do texto é só uma zoação de um pervertido ou se é real.

A caracterização de uma atitude machista como uma boa atitude pelo consequência de uma suposta vantagem de cunho conquistador é uma falácia sem tamanho. Utilizar como exemplo a mulher burra é como utilizar o homem burro, que seria você, caro Lobo Sagrado. Pior de tudo é generalizar este exemplo utilizando frases famosas pela propaganda masculina. Este é o cúmulo da burrice e da falta de conhecimento histórico.

Provavelmente, este inapto nunca pegou um livro de história pra analisar as limitações da vida feminina e de seu valor social inferior ao dos homens, nunca sequer enxergou a sociedade atual como ela é, óbvio que não se espera alguma ideia do que fora antes da própria existência. O pedaço de merda coloca os próprios conceitos sexistas como exemplo vindo da boca feminina, considerando este, um argumento anti-machista e não a consequência do machismo. Ainda mais, o idiota não tenta buscar a realidade como um todo, somente em pedaços que lhe convém.

Mas a obra-prima é o conjunto de frases que este punhado de merda bota como suas falas em uma conversa: todas são de cunho conservador, todas exibem a mente insana de um retardado que não consegue enxergar nada a frente de seu nariz. Cada frase mostra a maluquice de um mongol que ainda preserva os “bons valores” da desigualdade dos sexos.

É uma obscenidade à mente sã.

A prepotência em conhecer e mente feminina é tão podre quanto a ideia principal de sua postagem. Este sujeito não sabe nada, não tem método nenhum, ele só exibem imundices a cerca de um assunto que só conhece por conversas com seres tão broncos quanto ele.

A consideração da atitude feminina de uma maneira que só beneficiaria o seu argumento, sem utilizar a lógica e a racionalidade já imprime toda porquisse que esse suejeito promove.

Esta postagem foi única, me fez ver até que ponto chega a mente insana de um ser humano. A mente insana de um sujeito bronco que esqueceu da lógica e da racionalidade.

Anúncios

Sobre Vinicius

Fascista desde criancinha.

  1. Suas palavras foram tão comoventes que até me fizeram chorar. Diferente de você, não vou perder meu tempo rebatendo suas asneiras a sua ignorância quanto à minha pessoa. Nem vou baixar o meu nível, usando palavreado que você deve ter aprendido na zona com a sua amigas feministas.

    Realmente, me sinto lisonjeado por ter um post inteiramente dedicado a mim. Divulgue mais o meu blog e torne-o mais popular. Tirando a baixaria, percebi que você é mais um nesta sociedade influenciada pelo feminismo e pelo politicamente correto; além de não saber tanto de História, senão reconheceria a opressão de homens contra homens e entenderia que a grande guerra nunca foi entre os sexos, mas entre os povos (e tanto do lado opressor quanto do oprimido tinhamos hmens e mulheres). Bom, mas se você preferiu xingar ao invés de debater (como faz qualquer pessoa com um pingo de civilidade), paro por aqui.

  2. Tu falou, falou e não disse nada com nada.

    Bem, só vou comentar uma parte do post:

    ”Provavelmente, este inapto nunca pegou um livro de história pra analisar as limitações da vida feminina…”

    E você é mais inapto ainda, não considerou que o passado era BEM MAIS HOSTIL PARA SE VIVER; Da Alta Idade Média até o século XI, por exemplo, cidades grandes SEQUER existiam na Europa, comércio também era inexistente e a população era predominantemente rural.
    Sem contar que a História sempre foi marcada por grandes conflitos. Distinções entre população civil e militares são conceitos recentes. Não havia moleza, não existiam máquinas, era serviço braçal MESMO. Era bem mais cômodo para a mulher ficar em casa cuidando dos seus filhos do que entrar em grandes jornadas rumo à terras desconhecidas e participar de revoluções sangrentas.
    Somente com o advento da Revolução Industrial que isso pode mudar.

    Cadê seu conhecimento histórico grande historiador?

    Sugiro que você leia ”Sexo Privilegiado” de Martin Van Criveld,
    ou pelo menos a entrevista dele.

    O resto nem perco meu tempo comentando, só foram ataquezinhos diretos a uma pessoa e não sobre seus argumentos. Ainda por cima para fazer ”bonito” tu usou a falácia do espantalho e só atacou a idéia mais fraca do autor.

    Você não captou a verdadeira essência da coisa, não se deu ao trabalho sequer de pesquisar sobre o assunto. Sua opinião é mero senso comum, não vale nada.

    Caras que escrevem coisas ”bonitinhas”, sem terem base alguma do que se trata, atacando outros homens para defender a tal liberdade feminina, apenas para somar pontinhos com as leitoras, não merecem moral alguma.

    • Parabéns, vc conseguiu perceber que o mundo não é estático, mas ainda leva em consideração o que é “mais cômodo”, e esquece de perceber que as mulheres não ficavam em casa por que era mais cômodo, mas isso deve-se ao patriarcado e sua consequências. Basicamente você só se lembrou de ler o geralzão, aquilo que a professora do ensino fundamental explica. Esqueceu que as causas das relações sociais não dependem do que é cômodo, mas de todo passado histórico que é, em partes, determinante.

      Ou seja, não percebe que “ir à caça” era essencialmente, um ato de MAIOR VALOR SOCIAL. É não reparando nisso que você se perde, portanto, estude.

      • “mas ainda leva em consideração o que é “mais cômodo”, e esquece de perceber que as mulheres não ficavam em casa por que era mais cômodo, mas isso deve-se ao patriarcado e sua consequências.”

        Vamos ver, o que é mais seguro para uma mulher? Ficar em casa com os filhos ou ir caçar animais, lutar em guerras, etc? Porque não existe feminismo em tribos africanas, por ex? Será que mulheres africanas estão ansiosas para caçar leões e os homens malvados não deixam? Ou será porque o mais sensato é mulheres ficarem em casa e homens fazerem serviços mais arriscados?

        “Ou seja, não percebe que “ir à caça” era essencialmente, um ato de MAIOR VALOR SOCIAL.”

        Partindo dessa premissa: mulheres buscam sempre os homens mais bem sucedidos para companheiro. Em tribos africanas mulheres querem o melhor caçador.Na sociedade moderna querem um cara com bom emprego e assim vai….ou seja, se “ir a caça” é um ato de maior valor social é porque AS PRÓPRIAS MULHERES valorizam esse ato e recompensam os homens que são bem-sucedidos nele.

        No mais reforço o que falaram: leia “O sexo Privilegiado” do Martin Van Creveld.

      • Vc cai no mesmo erro. Já que para começo, caçar e fazer o almoço involvem grau de periculosidade diferentes. Ambos os gêneros tinham suas “prisões”, um homem por mais que quisesse não poderia fazer coisas de trato feminimo. Mas é sempre assim niguem vê a imagem como um todo.
        Já as professoras pelo menos as minhas, ensinam mais pela optica feminista menosprezando qualquer feito masculino, cultural. Vc simplesmente não vê o avanço feminista na mídia por exemplo.

    • Onde eu assino?

  3. Francamente, pouco tenho a comentar.
    Seu texto é incoerente com a sua postura habitual. Há mais argumentos (?) emocionais do que racionais, então vou ter que pegar uma passagem de outro escrito seu, daqui mesmo, para mostrar-lhe o porquê:

    https://cabanadeinverno.wordpress.com/2009/11/18/roupas/
    “… Não direi se são feios ou bonitos, pois isto iria contra esta postagem, mas interessa saber que a massa de estudantes não tolerou (e ainda não tolera) formas de expressão que diferem da sua. Cada forma de expressão, neste caso a moda, que fuja do padrão, é considerada imprópria e é ridicularizada e agredida. Voltando à idéia, já explicada aqui, de coerção social.”

    Vê como é outra coisa quando o senhor usa a lógica. Esta é a sua atitude normal.

    Basta isso para entender que é arbitrário uma hora ser contra a intolerância da massa, noutra hora ser favorável à esta mesma intolerância. Sim, pois o feminismo, comunismo e o politicamente correto são os mediadores do preconceito popular. São dos maiores instrumentos de repressão cultural e social de hoje. Vivem contestando, mas serem contestados eles não aceitam. Não admitem diferenças, a não ser quando lhes convém.

    Pense à respeito. Atualmente, machismo é visto como algo criminoso ou até patológico. O que será no amanhã?

    • Eu fui mal-educado, concordo. Eu avisei. Mas coloquei os argumentos, mesmo com a má-educação, eles estão alí.

      Nenhum deles foge da realidade, todos são baseados no real, sem as maluquices idealistas de vocês.

      “Pense à respeito. Atualmente, machismo é visto como algo criminoso ou até patológico. O que será no amanhã?”

      Por isso eu fui mal-educado.

      Oh Meu Deus!! E agora!! Haverá um guerra contra o machismo, que tem um princípio tão belo e legítimo!! O que iremos fazer Batman?

      • Guerra? Vc deveria saber que é mais eficiente mudar a mentalidade do que “sair as armas” Não acha injusto a situação do homem nos dia de hoje? Clube da luluzinha é bonitinho, do bolinha é quase um crime? Não é um tanto quanto injusto?

  4. Cara, historiador ou lá o q seja: teu discurso é velhaco, amigo. Essa de “pobres mulheres” caducou em meados dos anos 80. De lá pra cá, a igualdade entre os sexos se estabeleceu sim e com perdas para ambos os lados. Vê se cresce e se atualiza, bundão!

  5. hhhahah esses comentarios são sérios?

    “Atualmente, machismo é visto como algo criminoso ou até patológico. O que será no amanhã?”

    hahhahahahhahhahahaha

  6. Vira homem rapá e para de defender feminismo de mulherzinha abuzada seu merda!

  7. Machista, o Opressor de Bichas

    Tu não passa de um viadinho histérico.

  8. O machismo é danoso sim. O machismo covarde que comete violência contra mulheres faz um tremendo mal à humanidade e ao lugar do VERDADEIRO HOMEM dentro da sociedade. Agora, defender mulheres com discursinho feminista é de uma tolice infantil até o talo, filho. As feminazistas estão por aí CAGANDO pra teu bloguezinho e as poucas q leram NÃO VÃO TE CEDER A BUCETA (isso se vc gostar de buceta, claro) e os únicos q prestigiaran teus 4 minutos de fama (Andy Warhol errou quanto a femibabacas como tu)fomos nós, teus detratores. E, me desculpe, com muita HONRA em ser machos, longe desse teu verbo tão pobre e frouxo em defesa de mulheres que não estão nem aí para vossa nérdica existência. Lê um pouco mais, garoto. E cresça! Não custa muito…

  9. Faz o seguinte: se tú tiver capacidade de arrumar uma namorada, leva ela pra baladinh com roupa curta, perfuminho de puta e joga ela nas mão dos outros pra eles meterem a mão no rabinho dela e passar a linguiça enqunto finjem que tão dançando, ai tú fica de longe só aplaudindo.
    Maluko banana que nem tú tem que se fuder na mão de mulher e toma chifre até na cabeça do pau, se é que vc tem um sua bichona !

  10. Vê se vira homem, seu metrossexual feminista. Fica aí defendendo crenças populares já derrubadas de que “a mulher é um ser oprimido”, e ainda por cima inverteu o sentido da palavra machista. Se for olhar em dicionários antigos, verá que “machismo” significa “MODOS E ATITUDES DE MACHO” e não “ódio e violência às mulheres”. Você agiu como uma criança querendo pagar de inteligente neste artigo do blog, usando argumentos falsos e emotivos sem nem se dar ao trabalho de pesquisar à fundo sobre sexismo e revolução sexual para tirar conclusões lógicas.
    Sua bisavó era “oprimida e infeliz” por ter vivido numa sociedade machista, por acaso? A minha não! Minha vó também não!
    Existem pesquisas que mostram que a felicidade da mulher caiu com a entrada dela na área de trabalho!
    MACHISTA conquista MUITO MAIS MULHER que miguxos feministas como você. Mulher quer um homem MACHO, FIRME, que quando diz “NÃO” é “NÃO”, e que seja romântico nas horas apropriadas (romantismo entre casais vem do machismo, sabia, bunda-mole?), que não seja “chiclete” e que saiba PROTEGÊ-LA!
    E nenhum feminista metrossexual como você vai conseguir dominar e satisfazer uma mulher de bem, pois você NÃO AGE COMO MACHO.

  11. Legal, de acordo com os sujeitos o meu “problema” é a falta de namorada. Tenho que rebater?

    • Esse argumento é tosco mesmo. Quem disse isso se enrolou. Mas não exclui o fato de vc tb ser motivados por uma raiva cega e acaba falando besteiras em vez de expor argumentos.

  12. Vínicius. Não perceber os males da feminazismo e se aliar a ele é prova de que você não tem uma boa percepção de realidade ou de que a globo (e cia) que cria sua percepção. Você é um bobão politicamente correto que nem percebe os vilipêndios que sofre! Lamentavel.

  13. E nenhum feminista metrossexual como você vai conseguir dominar e satisfazer uma mulher de bem, pois você NÃO AGE COMO MACHO. [2]

  14. Este imbecil critica o patriarcado e o ‘machismo’ e mal percebe que está sendo machista ao ‘passar a mão na cabecinhas das mulheres’, como se fossem doces, ingênuas e inocentes…

    Concordo que não deve-se responsabilizar as mulheres por as merdas que fazem, pois são como crianças birrentas e irresponsáveis. Qual a culpa a criança tem de pegar uma arma e matar seu coleguinha?! Nenhuma, a culpa é do pai por deixar a arma a fácil acesso. “Proteção do patriarcado. Arma pra criança igual a direitos para ‘certas’ mulheres).

    Você isentando as mulheres de culpa e colocando toda a responsabilidade está sendo machista, sim, machista, pois é intrínseco no seu pensamento que homem deve arcar com suas responsabilidades de homem, ao passo que às mulheres cobra nenhuma, ou parca responsabilidade!

    VOCÊ É TÃO MACHISTA QUANTO NÓS, NO ENTANTO DIFERIMOS POR SERMOS JUSTOS E RESPONSÁVEIS, E NÃO MASOQUISTAS SENDO MACHISTAS APENAS NO QUE CONVÉM ÀS MULHERES!

    Outra coisa: As coisas estão assim na cabeça de ambos os sexos há 20 Milênios de evolução humana, desde quando os homens protegiam as mulheres dos animais ferozes, a familia das guerras e estrangeiros, e não será em 20 anos que vai mudar esta “data base’ no cérebro de todos os homens e mulheres!

    Só tenho mais uma coisa a te dizer: És um bundão, não passarás de capacho de mulher, nunca vai comer ninguém, caso comer ela não te quer mais, caso namorar ou casar vai levar chifre, pois, está intrínseco nos instintos da mulher ela querer homem, e não um bundão, fraco para ser o seu lacaio!

    Ah! Ao invés de ficar com inveja, leia os escritos do Lobo, pegue algumas dicas e aprenda a ser Homem!

    Valeu!

    • Acho que a injeção de macho-chats penetrou fundo na sua mente e te fez esquecer que a igualdade de direitos não reserva responsabilidades intrínsecas a homens ou mulheres. Pense bem, como alguém que defende a equidade entre os sexos iria querer proclamar deveres para cada um?

      “VOCÊ É TÃO MACHISTA QUANTO NÓS, NO ENTANTO DIFERIMOS POR SERMOS JUSTOS E RESPONSÁVEIS, E NÃO MASOQUISTAS SENDO MACHISTAS APENAS NO QUE CONVÉM ÀS MULHERES!”

      Isso foi lindo. Vc acha que merece algum respeito escrevendo esse tipo de baboseira?

      Outra, larga de ser idiota. As “coisas” não “estão assim” na cabeça dos seres humanos. O meio proporciona um pensamento. É a assimilação das informações mais fáceis de digerir que torna uma pessoa assim, feito você. Um machista o é por que segue a história e as influências, sem sequer questioná-las. lembrando que qualquer um, de qualquer gênero pode ser machista.

  15. Mauricio Trindade

    Só o fato de você colocar este post já evidência que você ficou perturbardo com as palavras do Lobo, se você considerasse somente um monte de asneiras não estaria nem ligando para isso.

    E nesta sua postagem não há nada além de xigamentos,desprovido de qualquer argumento razoável, enfim.

    A atitude natural do homem que feministas chamam com a intenção pejorativa de machismo é algo perfeitamente normal, porque lembrando que aquele que se reconhece como machista já é diferente daqueles que nem se importam com isso, o primeiro é mais consciente que o outro, consciente da sua própria condição natural.

    Fique em paz.

  16. dicas de como pegar mulher:

    “Pegue a mulher,bata nela e á mande pra cozinha”

    blza agora vamos pegar todas valew
    era disso que eu tava precisando…

  17. Quanta baixaria no post desse feminista aí.

    Homens feministas adoram vir montados num cavalo branco pra salvar as “oprimidinhas”. Criticam tanto o tal “machismo” que acabam sendo mais machistas ainda.

    Feminismo mais uma vez se baseando em idéias contraditórias e incoerentes.

    • Puta merda. Por isso não dá pra ser educado. Lendo uma merda dessa estirpe, como serei educado?

      Minha atitude com qualquer mulher é de igualdade, não de proteção. Vcoê nunca saberia disso se eu não falasse. Basicamente, você supôs, e foi uma bola fora, analfabeto funcional.

      Livrar mulheres de seus grilhões é a atitude que livra também hoomens dos seus.

      • Somente os homens fracos (como deve ser o seu caso) é que acham ruim o machismo. Não tem a capacidade suficiente de superar todos os desafios da Natureza e prefere se conformar com a fraqueza física e espiritual.

        Se não fosse esse tão criticado “patriarcado”, hoje estaríamos aqui. Foi o sangue e a lágrima de muitos “machistas” que garantiram a nossa existência. Ou você acha que descende de um bando de fracotes, covardes e incapazes de protegerem suas mulheres? Você é um estúpiodo, uma vergonha para aqueles que deram o sangue pra você estar aqui, hoje, denegrindo.

        Viva com teu pensamento “muderno” e deixe-nos com a nossa ignorância. Somente o tempo dirá que está certo. Quem sabe você consegue ser feliz se casando com uma mulher “muderna” que irá te colocar em segundo plano, pois tem uma carreira. Se você não for egoísta, não se importará em dividi-la com machos superiores a ti, pois é bem capaz dela querer um pouco mais de “emoção”, da qual, imagino, um ser fraco e repugnante feito você é incapaz de dar.

        Se não se importa em passar a vida como um macho beta, de segunda categoria, casado com uma mulher rodada e criando o filho que ele teve com outro macho, seja feliz. Que nunca se arrependa de suas escolhas, pois a dor do arrependimento é pior castigo.

      • Aí vai do seu pessoal, mas do mesmo jeito que vc se dá ao direito de faltar com respeito a uma opinião contraria, não espere nenhum respeito como pagamento.
        Aí vc caí do cavalo, glorificar a figura feminina. um endeusamento cego, vc só vai levar enrabada desse jeito, o mesmo acontece com os crentes da igreja universal. Fora que vc pode falar mil vezes que não torna verdade a não ser para vc.
        “Livrar mulheres de seus grilhões é a atitude que livra também hoomens dos seus.” Até hj nunca vi uma prova cabal disso, muito pelo contrário so uma alienação e privação sumaria dos direitos masculinos, pricipalmente no ámbito cultural, que no geral vale como lei.

  18. É o seguinte,o fato de vcs sacanearem a sexualidade do Vinicius e a sua capacidade de pegar mulher so demonstra o quanto vcs estão desesperados por ñ terem argumentos,vcs um dia leram a biblia e algum livro bobo ai e falaram “Nossa machismo é hype!”…e não é questão de ser politicamente correto,é apenas questão de justiça!

  19. Amanda, como falei em meu post: Todo mundo é “Machista”; eu, o cretino que escreveu toda esta pataquada, você, quase todos homens e quase todas as mulheres. Porém,a diferença é entre o ‘machismo apenas no que convém às mulheres” e o que deveria ser a séculos: Respeito entre mo casal. estes casos de homens cretinos, opressores safados eram exceções,e não esta regra que Vocês pregam!

    Deste modo independe ser ‘machista’ ou não para levar chifre, já que quase todos nós somos. Mas ser Conservador, e ser Macho ao invés de um Merda me evitará muitos galhos e dores de cabeça!

    Quanto a você, conheço mulher bonita pelo cabelo (erro em 5% dos casos) Parece ser gostosinha. Quem sabe poderia me conhecer e ver o que é um Homem de verdade, adoraria pegar nesse longo cabelo preto que mais parece uma crina, como pegar em rédias de uma poltranca, galopar e dar belas palmadas em largas ancas. Como toda mulher: sonha ser conduzida por rédias curtas. Mas se for dragão, que fique aí e páre de me encher o saco!

  20. Na moral: Nem li. Seu blablablá não faz sentido nenhum, e poderia ser resumido em uma solitária frase: Mulheres são oprimidas.

    Errado. Homens e mulheres foram oprimidos ao longo dos séculos, e agora o homem é mais oprimido. Next!

    P.S.: Você parece aquele cara de “Alma Gemea”, o Crispim que fica atrás da “Anja”. Fisica e mentalmente, porque é um idiota que se ajoelha por mulher igualzinho a ele.

  21. Tu falou… Falou… Só vi ofensas. Lamentável.

    É assim que tu quer convencer alguém? É assim que tu quer passar seu ponto de vista? Tu está abraçando o esterco… E não sabe.

  22. Li o texto do Lobo antes do teu, e a maior asneira que eu já ouvi na minha vida foi que o feminismo nasceu de um meio lésbico. É triste ver o tipo de homem preconceituoso e acefalo que a sociedade está criando. Até uma pesquisa no Google prova que não foi isso que ocorreu de fato. Essa ‘guerra dos sexos’ é uma questão de conceito, e para mim, rídicula. Menosprezar qualquer pessoa, por qualquer característica que esteja fora do seu controle só demonstra a inferioridade mental de alguém. E eu nem tenho muito o que dizer sobre o seu post. Eu já perdi muito meu tempo em discussões defendendo as mulheres. Mas ninguém precisa provar nada a ninguém né? Além de tudo isso ser extremamente relativo. E o pior é ver a quantidade de gente que concorda e defende o tal lobo. Mas o nome mesmo já diz. Animalescos nem merecem tanta relevância. Mandou super bem no post 🙂

    • Se você não sabe, o lobo é um animal que representa força, sabedoria, astúcia e liderança, características que uma fêmea de verdade espera num macho de verdade. Como mulher nunca fala o que realmente sente, imagino que tenho se apaixonado pela minha pessoa, principalmente depois de constatar quantos estão ao meu lado.

      Bom, mas sou comprometido e to me lixando pras outras mulheres e o que você disse é irrelevante para mim. É claro que nenhuma mulher “muderna” gosta de ouvir umas verdades sobre a sua religião (o feminismo). A senhora já ouviu falar de Velrie Solanas? A LÉSBICA que pregava a extinção dos machos? Sabia que grande parte das autoras feministas respitadas no meio eram (e são) lésbicas? Sim, somente uma mulher com mente de macho para renegar suas características femininas. Como pode uma mulher repudiar seu próprio corpo, sua própria feminilidade? Não é a toa que é alto o número de casos de mama e útero, pois a forte rejeição da mulher sobre seu corpo, pode aumentar os riscos de tumores. A ciência já provou que nossa psiquê é mais forte do que imaginamos e que nossas emoções negativas podem nos fazer muito mal. Vá lá, queime seu sutiã, e morra de câncer.

  23. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Vinicius,
    vc deve tá bobo c esse tanto de defensor do machismo saído sei lá de onde…

    Te explico. Leva a sério, não. Pelos nomes já vi que são uns adolescentes ou malucos de meia idade saídos de uma comunidade ridícula do orkut chamada “Lado obscuro da mulher”, que por não serem muito atraentes, serem tímidos ou sei lá o quê, não conseguem ficar, namorar, ou alguns que foram traídos, e aí passam todo o tempo desenvolvendo teorias científicas para conseguir finalmente “pegar mulher” ou reclamar sobre como somos vadias e diabólicas (no dia em que tiver de mal humor e quiser rir um pouquinho passa lá). Mas parece que elas não dão muito certo já que a comunidade já tem uns bons anos e as mesmas pessoas continuam lá chorando, rsrsrs…
    Internet é muito boa, mas acaba sendo um reduto em que malucos de todas as partes do país conseguem se encontrar e confabular, rsrs…
    No mais parabéns pelo post e pelo blog. Além da gente ver que é um gatinho pela foto, ainda escreve muito bem, é uma pessoa consciente e é super inteligente. Mas dá pra entender a revolta e o ressentimento de homem que não consegue ser assim e que pelo andar da carruagem vai ficar cada vez pior e sobrar cada vez mais… pena que eles mesmos não percebem.

    Beijos…

    • Amanda, Amanda, Amanda…isso que vc fez chama-se falácia ad hominum, e consiste em desaqualificar o interlocutor ao invés de refutar o argumento dele. È uma forma desonesta de argumentar.

      Simplificando para vc: vc não conseguiu refutar uma linha do que foi dito aqui e resolveu chamar todo mundo de frustrado e pega-ninguém.

    • A comunidade OLODM não é apenas pra estudarmos o comportamento feminino, mas tb pra falar de desenvolvimento pessoal e filosofia. Coisas que pessoas como vc nunca terão capacidade de entender.

  24. Deixem isso pra lá,homens,é extrema perda de tempo. Note que “ad hominem” aqui é capim e a tentativa de ridicularizar o que nós sabemos já foi usada.

    Se eles/as influenciaram no “IBOPE” do Lobo,deixem-nos. Não há motivos pra perdermos nosso tempo por aqui. Se o sujeito aí escolheu perder seu tempo ofendendo o nosso amigo e achou que ganhará uma medalha das feminazistas se tornando o salvador da pátria contra os machistas cruéis e nefastos,nós temos informações mais úteis a assimilarmos.

  25. informações mais uteis?
    Feminazistas?
    1-Se vocês realmente tivessem informações úteis vcs ñ virim aqui com argumentos tão babacas..
    2-Feminazistas?sério de onde vcs tiraram esse termo?
    “Ativistas políticas feministas advogam a igualdade social, política e economica entre os sexos. Feministas tentam esclarecer questões sobre temas como direitos reprodutivos, a posição da mulher como objeto (essencialmente sexual), violência sexual e doméstica, licença pós-parto, igualdade salarial, assédio sexual, discriminação no local de trabalho, pornografia e o patriarcalismo.”

    E Terry Malloy aqui ñ é blog para ogros,idiotas,babões,respeito por favor..se você for o macho alfa que diz ser sugiro que ponha o seu email,ou link do seu blog nos posts…ou o seu endereço ou o endereço do chiqueiro que vc frequenta..ok

  26. o Vinicius “Você é um estúpiodo”

    hahahahhahaha

    Pow Vini belo texto,e fiquei feliz pelo fato de vc ser um homem e escrever esse texto,ah aliás se vc for gay,macho beta,ñ pega ninguém e etc… qual é o problema?

    na boa os argumentos aprendidos na biblia já acabaram…

    bjo

  27. “P.S.: Você parece aquele cara de “Alma Gemea”, o Crispim que fica atrás da “Anja”. Fisica e mentalmente, porque é um idiota que se ajoelha por mulher igualzinho a ele.”

    Macho alfa assiste novela?

  28. “2-Feminazistas?sério de onde vcs tiraram esse termo?”

    Respondendo: Pesquise sobre a colaboração de feministas alemãs com Hitler e os nazistas na segunda guerra mundial. Descobrirá, entre outras coisas, que feministas apoiaram o genocídio de judeus.

    O termo feminazi é bem apropriado.

  29. E por isso vcs usam esse termo pra todas as feministas…

    “Quanto mais conheço um homem,mais me queixo por ter nascido “

  30. Não seria exagero chamar as feministas de feminazis? O que acham?

    Imagine um movimento que, de incício, prega uma sociedade igualitária, livre e feliz. Quando este grupo começa a subir no poder, tente de todos os modos impor sua ideologia, chegando a perseguir opositores. Este mesmo grupo começa a acusar o outro de todos as atrocidades e problemas que seu país vive. Logo depois, este grupo começa a ser perseguido e exterminado. Bom, as feministas não querem destruir os homens, pois homens serão sempre necessários para a reprodução e para o trabalho sujo e pesado; mas a destruição psicológica do macho é evidente. Tentam nos “castrar” diariamente. Estimulam meninas cada vez mais jovens a serem livres e sexualizadas, mas chama de pedófilo quem fica com menina de 15 anos. Incentivam as mulheres a andarem cada vez com menos roupa, mas condenam homens por assédio sexual. Fazem leis para proteger a mulher de violência contra o homem, mas o homem ainda pode apanhar e ter de ficar quieto. Feministas querem impor o feminista pra toda a sociedade, querem mudar livros didáticos, querem nos obrigar a aceitarmos as mulheres do jeito que são, sob a pena de ser execrado do grupinho social.

  31. O feminismo está provocando uma onde de extermínio dos machos, reduzindo os homens a um bando de frouxos, passivos, dominados pelas mulheres. Quando um homem fala em “valorização masculina”, logo é ridicularizado e chamado de machista. O simples fato de ter orgulho da própria masculinidade é vista como machismo. Até a bibinha do Vinícius foi incapaz de perceber isso. Suas amiguinhas estão aí dando um apoio, mas eu duvido que elas realmente sintam atração sexual por um intelectualóide que as trata como se elas fossem seus amigos, ao invés de trata-las como fêmeas que são.

    Ah, sim, não se esqueçam de que somos bichos. Nascemos, crescemos, nos reproduzimos e morreremos. Todos precisam comer, dormir, irem ao banheiro. Acredito que todos gostem de sexo e todos nascemos de uma relçaõ sexual. Então não deixamos de ser animais, independente das nossas sociointerações a la Vigotsky. Milênios de sociedade “patriarcal” moldaram nossos genes a de maneira que não serão 50 anos de baderna feminista que irá mudar tudo. Mulheres podem ser criadas para serem “independentes e poderosas”, mas quando chega a idade, o instinto materno e o de ser amparada por um macho forte aperta na maioria delas. Por acaso, alguma mulher que postou aqui tem mais de 35 anos?

  32. leia oq tu escreve
    ñ faz sentido….

  33. O único que ogro que pode postar aqui é o próprio dono. Ta pra nascer alguém que consiga escrever um texto de tão baixo nível e ainda conseguir passar por intelectual.

  34. Idem lobo sagrado….

  35. “Ta pra nascer alguém que consiga escrever um texto de tão baixo nível e ainda conseguir passar por intelectual.”

    já nasceu,os caras que escrevem oq vcs leem.

  36. guerra de sexos é coisa mais patética que o ser humano já criou desde o Nintendo Wii…

  37. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Pra tudo que esses caras escrevem… Só li uns trechos e vi que eles chamam mulher de fêmea, dizem que feminismo e politicamente correto são responsáveis pelo preconceito social, acha que se tiver coragem pra falar que é machista vai atrair mulher, fala toda hora que tem namorada pra convencer as pessoas ou ele mesmo que tem, a gente jura que acredita na namorada invisível…

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Gente, o que ser rejeitado pelas meninas na escola não faz com mentes que nunca amadurecem…
    Desde quando alguém precisa argumentar com maluco? Se o cara é meio maluco acabou, deixa ele brincar de Napoleão na internet, fora do mundo virtual deve morrer de vergonha das merdas que fala…
    Mas eu acho engraçado… Fico imaginando esses caras fora da internet… As vezes é até um cara quietinho e anti-social que estuda do seu lado no ensino médio ou faculdade e vc não imagina o grau de maluquice e as idéias malucas que passam na cabeça dele…

    Medo.

  38. Eles estão em grande número aqui porque o misógino-mor deve ter convocado seus amiguinhos de orkut como falaram lá em cima…
    Que bom que a maioria dos homens que conheço por mais machistinha que seja já passou desse nível neardhental…
    Caras ridículos… Se estão sozinhos tá provado que é porque merecem.

    • Dessculpe lhe falar isto mas, quando alguem evolui está sujeito a ser algo melhor, se não ele involui (evolução ao contrário), é vendo que vc não possui argumentos, usa o nível de relacionamentos como medidor e não o nível intelectual, é porque o seu nível e o de seus amigos não como mulher e os outros como feministas mas como pessoas mesmo, não é nada superior aos machistinhas(não misóginos há diferença).

  39. Aliás, neandhertal… né… dããã… rsrs

    • É mais fácil vocês estarem sozinhas daqui a alguns anos, quando estiverem velhas e caídas, do que nós. No mundo sempre sobrou mulheres. Agora ta cheio de viado e de “miguxo”, aí sobre mais ainda.

      Somos naendertais, mas até agora, nenhuma de vocês expôs algum argumento que merecesse maios análise. Apenas se resumiram a nos atacar. Misógino é quem odeia mulher. Não odiamos mulheres, odiamos vagabundas e feministas.

  40. Machistas adoram se vangloriar que são homens de verdade e etc…porém machistas nem ligam para o prazer feminino,ou seja acabam em 20 segundos ,acho dificil as mulheres gostarem de caras assim…

    Lobo Sagrado:
    “leia oq tu escreve
    ñ faz sentido….”
    você disse que ninguém colocou um argumento que merecesse analise,e que tudo que leu foram ofensas,
    um trecho de seu texto:

    “ta cheio de viado e de miguxo”

    e os argumentos?como o Cesar disse,seus argumentos ñ existem e vcs estão cada vez mais desesperados…

    Flw bobão!

    • “porém machistas nem ligam para o prazer feminino, ou seja, acabam em 20 segundos”

      Isso é sinal de que machistas fazem sexo.
      Não se pode dizer o mesmo de miguxo sensível e chorão.
      Estes são vistos pelas mulheres apenas como eunucos fofos, enquanto aqueles são reconhecidos como homens. É como se dizia antigamente: “amigo de mulher é cabeleireiro”.

  41. por favor vc poderia definir “vagabunda”?

  42. Como disse anteriormente,Lobo,elas vão se concentrar somente em nos atacar. Disse e repito: “ad hominem” aqui é capim. Duvidar até da nossa sanidade mental é útil. Até porque tudo o que não está de acordo com o que elas dizem é coisa de maluco,não é? Só mentes sãs concordam com elas,o resto é lixo. Ai,ai…

    É inútil discutir aqui,já falei.

  43. neandhertais!

    • Obrigado.
      Isso me lembrou aquele filme do Silvester Stallone, O Demolidor (“Demolition Man”, assitiram?). Se bem que não estamos no Taco bell em 2032.

  44. “Machistas adoram se vangloriar que são homens de verdade e etc…porém machistas nem ligam para o prazer feminino,ou seja acabam em 20 segundos”

    Depois dessa,eu me retiro.

    kk

  45. “É inútil discutir aqui,já falei.”
    coloquem bons argumentos,por enquanto tudo que foi escrito se resume em
    “blá blá blá”

    • Tenho uma sensação de reciprocidade no ato, só ouvi até agora:
      FEMINISMO RULES, EBAAAAAA
      MACHISMO FEIO, BUUUUUUUUU

    • O indivíduo não é capaz de rebater argumentos que ele mesmo taxa de fracos. Diante dos fortes, continuaria negando sua validade, para não interromper sua fuga.

  46. tchau Fimir

  47. Bons argumentos? Meu Deus,até leitura de livros aqui foi recomendado. Volte a ler os comentários e veja que pouco retrucaram o que os amigos disseram aí e mais atacaram,nós os autores. Eu sei que houve ofensiva contra o sujeito aí,mas veja o tanto que atacaram a nós mesmos,inclusive você falando essa pérola aí,kk.

    É completamente inútil sim.

    p.s.Odeio o botão F5.

  48. tchau Fimir(2)

  49. Obrigado por confirmar.

  50. Chamar alguém de machista e só um modo de invalidar a opinião contraria a de uma mimada feminista, tanto e que se uma diz uma coisa que concordou, se você diz a mesma coisa com todas as palavras, outra feminista não gostar e chamado de machista de todo jeito kkkk

  51. Tudo otário!

  52. E ele ainda brada o peito, se dizendo contra o machismo. É ridículo e lamentável o estado da classe masculina hoje em dia, se entregando totalmente ao inimigo e ainda o defendendo. Quanta palhaçada e veadagem.

  53. Li seu texto, e tenho apenas uma observação a fazer sobre sua pessoa. Você é uma anta.

    É um daqueles patetas pseudo-igualitaristas, dizendo que pregam a liberdade individual mas não respeitam quem pense diferente. Seu texto até teria alguma validade se tentasse refutar o texto do Lobo, mas diferentemente disso, você apenas explicitou sua raiva, apenas porque leu algo que “feriu” seus sentimentos. Da próxima vez apresente uma refutação, isso se faz através de argumentos e fatos que contradigam a questão adversária, e que tais argumentos, estejam em concordância com os fatos concretos.

    Agora, se vai sempre tomar decisões baseadas em sentimentos, sempre será ridicularizado(exceto pelos seus amiguinhos sentimentais), pois decisões tomadas na base de sentimentalismos não procedem de acordo como a situação se apresenta, mas sim, como o indíviduo se sente em relação a ela. Trocando os míudos, você ficou ofendido e tristinho, e reagiu como tal.haha!

    Sobre a questão de igualdade, quando mulher receber as mesmas punições que um homem recebe pelos crimes; quando homem e mulheres pagarem os mesmos preços em espetáculos; quando não existir mais lei vadia da penha; quando aposentadoria for igual pra ambos; quando violência for violência independente do sexo, etc, etc, etc.

    Enfim, só então poderemos falar em igualdade.

    Até lá, minha total repulsa a você, ser inferior.

    PS: Sou extremamente machista.

    • “Sobre a questão de igualdade, quando mulher receber as mesmas punições que um homem recebe pelos crimes; quando homem e mulheres pagarem os mesmos preços em espetáculos; quando não existir mais lei vadia da penha; quando aposentadoria for igual pra ambos; quando violência for violência independente do sexo, etc, etc, etc.”

      Logo, não existe igualdade, anta.

      • Sei que vai parecer um clichê batido, mas…
        Ao feminismo, não interessa a igualdade de deveres. Daí que este nobre desejo nunca acontecerá.

  54. Espero pelo dia dourado, aonde um homem terá seus argumentos debatidos com racionalidade e decoro. E não atacado veermentemente sem uma sombra de real debate. Já fui como vc vinicius, uma tanto quanto pseudo intelectual, não crescia nem aprendia nada. Opinião formada (Esquerda ou direita a caça a bruxas ou bruxos é a mesma). A solução para o seu problema e pensar por si mesmo, se ver um argumento contrario ao seu, simplismente pare, tire qualquer sentimento que possa pender na balança, e analise os fatos, se coloque na pele de outra pessoa, veja a realidade como é, não como dizem ou pensamos que ela é. As vezes por mais bronco, estupído ou sem controle da gramatica não perde a razão em seus argumentos.

  55. Machismo e FEMINISMO pendem para o seu lado da balança. A diferença é que feminismo está na moda. Já o machismo é sumariamente destruído. Em humor por exemplo. Alugue um filme de comedia, ou assista um se quiser na TV, veja como o homem é retratado e como a mulher é. Principalmente nos papéis “machistas” e “feminista” e me diga de quem é puxado o tapete e de quem é inflado a bola? Antigamente Clint Eastwood era héroi e hj?

    • “Machismo e FEMINISMO pendem para o seu lado da balança. A diferença é que feminismo está na moda. Já o machismo é sumariamente destruído.”

      Nossa, suicídio é obrigação. A tendencia do Feminismo não é fazer o mesmo que o Machismo, e por consequencia, “alinhar a tabela”.

      O movimento feminista que eliminar o status quo e manter uma sociedade sem divisão social/moral por sexo. É só de eliminar o machismo e não de virá-lo do avesso.

      • O idealismo feminista é muito bonito no papel, na aplicação é que se vê qual o seu verdadeiro propósito. Não vai eliminar o machismo e sim submetê-lo.

        Vinicius, uma coisa é o que as mulheres dizem e outra é o que elas fazem. É como aquela diferença entre a teoria e a prática. Preste menos atenção no discurso e mais nas ações femininas, assim estará próximo da realidade. Levar o feminismo à sério é o mesmo que acreditar em promessa de político.

        • “Não vai eliminar o machismo e sim submetê-lo.”

          O que eu quis dizer com isto foi que o nobre movimento veio caluniar todos os homens de exploradores, como justificativa para reduzi-los a explorados.

      • Sua idéia é um tanto quanto 8 ou 80, sem honra, nem vendo a sua própria ironia, “patriarcado nos perseguia no passado”. Bom disso já pode parar de reclamar.
        Não, realmente não, aí chegou a ser engraçado, pois notei que conheço mais o feminismo, principalmente na aplicação bruta, do que vc sequer sonha. Fora que sempre que houver um homem e uma mulher haverão diferenças, que principalmente a longo prazo se tornarão insustentáveis num sistema 100% igualitário. E quem paga a conta somos nós, homens.

  56. seus argumentos são baseados em conversas que são discutidas por seres broncos como vcs,vcs não pensam no outro lado,são argumentos adquiridos por uma revolta sem motivo,vcs ñ tem noção de o quanto são bobões,pelo oq eu saiba aqui ñ apareceu nenhuma feminista,apenas pessoas comuns que ñ concordaram com nada que foi escrito por vcs,ñ tenho vergonha de ser homem,mas tenho vergonha desse tipo de homem que vcs são…se vcs tem bons argumentos e boas idéias pq não saem por ai panfletando as mesmas,vcs são cusões,se escondem na internet atrás de apelidos e fotos de desenho animado,tem medo de serem reconhecidos na rua,o medo de vcs só demonstra o quanto suas ideias são furadas e pouco convicentes,dá para contar em uma mão só,os caras que apresentaram argumentos aqui,e mesmo assim os argumentos foram fracos,prova de falta de estudo do assunto que vcs apoiam.

    leia oq tu escreve
    ñ faz sentido….(2)

    o fato de vcs sacanearem a sexualidade do Vinicius e a sua capacidade de pegar mulher so demonstra o quanto vcs estão desesperados por ñ terem argumentos(2)

    • Vc não postou nada além de uma opinião raivosa, argumentos reais Nenhum. Apareceram simpatizantes do feminismo, tanto que tinham conhecimento da causa. Não nos motramos do mesmo jeito que alguem contrario aum regime que esta no poder não se mostra, ou um judeu que deveria peitar nazista na rua senão sua causa era nula? escravos que não falassem na cara do “dono” o que achavam estavem automaticamente errados? Está é a pior lógica ou falta dela que eu já vi. Lógico que nossa luta no momento não se iguala ao que foi descrito acima, nem de perto as sanções. Mas o exemplo é válido. Se sacanearam a sexualidade do rapaz eu sou contra. É um golpe baixo e infantil, mas vc deveria olhar para o proprio nariz. Afinal cusões, seres broncos, bobões demostra o mesmo nível infantilizado.

  57. “PS: Sou extremamente machista”

    ué problema é seu cara…

  58. É Vinicius, te empalaram. Comece a pensar por si mesmo e supere seus traumas. Sim, conheço vários dos seus traumas. E eles são os grandes responsáveis por terem formado alguém com opinões tão equivocadas como você.

    Abraço

  59. A resposta pra cada dado pseudo-histórico que vcs deram já está em outros posts deste blog. Sério, vcs acreditam no que escrevem?

    Maringa, claro que a última frase, pomposa e sábia, tinha que sua, surpresa minha vc não ter refletido sobre nada depois das eternas discussões na comunidade. Eu já perdi a esperança em tentar conversar com você e sua atitude de prepotência. O próprio ato de dizer que eu fui empalado sem ter sequer analisado o que foi discutido nos comentário e nas postagens [pq se vc leu, provavelmente não analisou]. Nem preciso dizer da cegueira que vc tem por seus dogmas, que são “absolutos e inalienáveis”.

    E pra finalizar, o ser humano é produto do meio. Qualquer um tem a personalidade formada pelas pressões materiais e intelectuais que sofreu.

    Se eu pude raciocinar até chegar ao ponto que cheguei, foi pelas pressões que me forçaram a ler sobre história, sociologia e filosofia, e não ser um bunda-mole lambe-saco macho-alfa.

    Olha, eu achei incrível quando falaram que eu sou alienado pela Globo. Só Olavo de Carvalho pra concordar com a proposição da Globo revolucionária que luta pela derrocada dos padrões vigentes.

    Pra finalizar, vão estudar.

  60. “Logo, não existe igualdade, anta.”

    São por postagens como essa que vemos como você é burro. Eu citei esses exemplos para mostrar que não existe igualdade e quem tem mais direito nos dias de hoje são as mulheres. Você, além de confirmar – tentanto ser ironico, pra variar – mostrou toda sua estupidez.

    Engraçado que você nem se prestou refutar o restante do meu post. Por que será?rs

  61. Vinicius, aí que você se engana. Eu li TODOS os comentários. E você quer saber pormenorizadamnete em quais conclusões eu cheguei? Vou falar: você vomitou palavras irracionais pra cima do Lobo Sagrado, não disse coisa com coisa e e atirou no próprio pé, pois apenas xingando o cara, deu chilique e não justificou o que escreveu. O cara veio aqui, foi educado até, se comparado ao tom que você usou. Os outros parceiros dele vieram também, usaram argumentos decentes (digo isso imparcialmente, juro). O q

    • Eu vomitei xingamentos…Esses, por sua vez, estavam dentro de argumentos.

      É fácil falar “Vc falou palavrão, seu bobo”

  62. O que foi que você, César e suas amiguinahs fizeram? Mais ataques pessoais e injustificados. Delas a gente já esperava isso. “Fracassado, corno e pega-ninguém” são termos que costumeiramente mulheres usam ao dar seus chiliques. Mas de você e do César nós esperávamos uma postura mais madura. Nos decepcionamos. Eu li tudo e percebi que os caras só partiram pros ataques pessoais, apelando pra sua sexualidade depois de tanto que vocês tiraram os seus da reta e fizeram ataques pessoais escrotos. Os caras argumentavam, citavam autores, se justificavam exaustivamente e davam bases para os argumentos que usavam. Aí aparecia você, utilizando o argumento mais fraco usado por eles e fazendo alguma piadinha em cima disso. Porque não respondeu aos argumentos fortes? Por que não desmontou as argumentações legítimas dos caras? Não, você preferiu pegar a argumentação “menor melhor” deles e fazer piada. Eu detesto temos como esses, sabe… mas você foi definitivamente “ownado”, empalado, teve “as pernas quebradas” e etc. Discordo de que o ser humano seja TOTALMENTE produto do meio. O meio influência sim, mas o ser humano tem cérebro, ele raciociona e pode SIM ser um resultado diferente do que o meio impôs. Eu to ligado de diversas frustrações suas. Não deixe que essas frustrações alimentem seus desejos mais idiotas de destruir toda e qualquer ordem vigente por uma nova. Não se esqueça: nem tudo que é “anacrônico” é ruim.

    Mais: nem pense em cometer a arrogância de julgar a cultura islâmica pior do que a cultura ocidental. Se lá eles apedrejam mulheres infiéis, não estão certos nem errados, são apenas diferentes. Não cometa os erros que os portugueses assassinos cometeram ao julgar a cultura dos indígenas pior do que a deles.

    Abraços sinceros…

    • Putz.

      Como já disse, pra toda citação pseudo-histórica, existe uma post meu no histórico.

      Quer autores? Leia As estruturas Elementares do Parentesco, de Levi-Strauss, leia a Divisão do Trabalho Social, de Durkheim e leia A Origem da Família, da Propriedade Privada e do Estado, de Engels.

      Quer dizer que citar um autor faz de um comentário maior que o outro?

      Novamente, a racionalidade é que proporciona a forma do homem ser produto de seu meio, ser o oposto de seu meio é sinal de que pressões materiais e intelectuais o forçaram à isso. Não só da sua localização geográfica e seu instinto básico da sobrevivência move o indivíduo, justamente por causa da racionalidade. Quer autores? Leia Regras do Método Sociológico, de Durkheim, leia Essencia do Cristianismo, de Feuerbach e leia A Ideologia Alemã, de Marx.

      Agora, sobre o anacronismo: Sim, anacronismo é “ruim” pq é a contradição das relações sociais em um determinado contexto. Leia As Regras do Método Sociológico, novamente, leia O Príncipe, de Maquiável e leia A Origem da Desigualdade Entre os Homens, de Rousseau.

      Se neste post eu fui grosso, e já admiti, leia os outros, oras. Estão aí para ler. Todos os argumentos lógicos e racionais estão lá. Aliás, aqui também, porém com muito xingamento.

      E como já disse, são as pressões materiais e intelectuais que formam o ser, as minha me proporcionaram o desvínculo com padrões que eu deveria ter. Se naõ fosse elas, nunca leria nada que li, nunca abriria a cabeça pra tudo que abri.

  63. “Vamos ver, o que é mais seguro para uma mulher? Ficar em casa com os filhos ou ir caçar animais, lutar em guerras, etc? Porque não existe feminismo em tribos africanas, por ex? Será que mulheres africanas estão ansiosas para caçar leões e os homens malvados não deixam? Ou será porque o mais sensato é mulheres ficarem em casa e homens fazerem serviços mais arriscados?”

    Porra, novamente a mania de partir do princípio cristão da criação do homem para ser o objeto principal do mundo e da mulher pra ser sua ajudante.

    Não houve planejamento. Foi tudo acontecendo por determinações geográficas e biológicos, primeiramente, e depois foi a mudança da família, pra uma família patriarcal e a invenão da propriedade privada como nós vemos hoje.

    “Partindo dessa premissa: mulheres buscam sempre os homens mais bem sucedidos para companheiro. Em tribos africanas mulheres querem o melhor caçador.Na sociedade moderna querem um cara com bom emprego e assim vai….ou seja, se “ir a caça” é um ato de maior valor social é porque AS PRÓPRIAS MULHERES valorizam esse ato e recompensam os homens que são bem-sucedidos nele.”

    Não, partindo dessa premissa, as mulheres são pressionadas a terem valor social menor, direitos políticos menores e participaçõa econômica menor. Sendo assim, determinadas pelo prórpio meio de existência e pelo próprio machismo a serem “donas de casa”.

    • “Como já disse, pra toda citação pseudo-histórica, existe uma post meu no histórico.”

      Faz o seguinte: PROVE que as citações são pseudo-históricas, prove, por exemplo, que feministas alemãs nada tiveram a ver com o genocidio de judeus. Isso está mais do que documentado. Se duvida pesquise no google.

      “Porra, novamente a mania de partir do princípio cristão da criação do homem para ser o objeto principal do mundo e da mulher pra ser sua ajudante.”

      Eu citei tribos AFRICANAS como exemplos. Quer dizer que tribos africanas são cristãs? Essa é novidade para mim. O argumento aqui é simples: o mundo é um meio hostil e que diferenças biológicas levam o homem e a mulher a divisões de tarefas. Homens tem 25% a mais de força física que as mulheres, além de não engravidarem e não menstruarem. Essa condição natural levou o homem a trabalhar mais pesado e se envolver mais em situações arriscadas para sustentar e proteger a mulher.

      “Não houve planejamento. Foi tudo acontecendo por determinações geográficas e biológicos, primeiramente, e depois foi a mudança da família, pra uma família patriarcal e a invenão da propriedade privada como nós vemos hoje.”

      Ou seja, vc repetiu com outras palavras o argumento do pessoal a hostilidade do meio e as diferenças biológicas.

      • “Não, partindo dessa premissa, as mulheres são pressionadas a terem valor social menor, direitos políticos menores e participaçõa econômica menor. Sendo assim, determinadas pelo prórpio meio de existência e pelo próprio machismo a serem “donas de casa”.”

        Putz! Isso que vc disse NADA TEM A VER com a minha premissa original.

        Vamos ver, segundo esse seu argumento tosco homens “pressionaram” mulheres a ser donas de casa para eles terem para si a “glória” de ir para rua trabalhar feito condenados em profissões fudidas como operário de fabrica ou estivador para sustentar a família ou lutar em guerras. Homens são muito burros mesmo. Se eles fossem espertos deviam pressionar mulheres para trabalhar fora enquanto eles ficam em casa de pernas para o ar.

        O verdadeiro pressionado ao longo da história é o homem. Ele é pressionado desde pequeno a ser uma máquina de trabalho a serviço do bem estar das mulheres e dos filhos.

        Seu argumento de “determinação do meio” é um tiro no próprio pé. Se mulheres antes eram estimuladas a serem donas de casas é porque o meio não propiciava outras opções, nenhuma mulher no mundo pré-revolução industrial ia querer trabalhar de marinheiro ou coisa parecida e nenhum homem ia querer ver sua mulher trabalhando em algo insalubre, preferindo ele tomar para si esse encargo. Com a revolução industrial as coisas começaram a mudar aos poucos e o próprio meio passou a exigir a presença da mulher na política e economia.

        Sabe quem é um dos maiores financiadores dos tais “estudos feministas” universitários? A fundação Ford. Nelson Rockfeller, vice-presidente dos EUA e empresário, disse “apoiamos o movimento feminista pq mulheres no mercado de trabalho significa maior n° de contribuintes”.

        No final da segunda guerra as mulheres que trabalhavam em fabricas no lugar de seu maridos que estavam na guerra queriam voltar para seus trabalhos de dona-de-casa com o fim da guerra. Não voltaram pq o governo e empresas incentivaram essas mulheres a continuar trabalhando fora.

        Pq estou dizendo isso? O feminismo é uma ideologia de acordo com os propósitos de empresas, comércios, industrias, pois a ideologia feminista visa a “emancipação da mulher”. E no mundo capitalista como se dá essa “emancipação”? Através do acumulo de dinheiro, propriedades, bens materiais. Feminismo gera lucro para muita gente.

        O feminismo, na verdade, está em perfeita sintonia com os ideais dos defensores do liberalismo, que relacionam liberdade a acumulo de dinheiro, propriedade privada.

        O feminismo é subserviente ao capital, prostituido ao dinheiro.

        E para o mercado quanto mais mão-de-obra houver melhor, pois isso significa mais consumo e barateamento de mão-de-obra.

        Há muito tempo se percebeu que é melhor para os negócios ter homem e mulheres separados do que com família estruturada. Se separá-los, pode-se vender duas TVs ao invés de uma só, como ocorre em famílias.

        Não se trata de teoria da conspiração, mas do mercado buscando novas fontes de lucro.

        Portanto, é muita ingenuidade achar que mulheres um dia pensaram “vamos abandonar o conforto de nossos lares e ir trabalhar como animais em fabricas fedorentas igual a nossos maridos”.

        Em suma, mulheres foram impregnadas com a mentalidade de que dinheiro=felicidade/sucesso/etc. Mesma mentalidade que homens são impregnados desde pequenos.

      • yep, e também coloquei o fator social em outros comentários. O ser humano é consegue fabricar os meio de produção, consegue modificar a natureza, assim, sai do mundo puramente hostil e entra na vida em sociedade com divisão do trabalho.

        Tanto faz se o trabalho era mais pesado, se trata do valor social deste trabalho.

        • “Tanto faz se o trabalho era mais pesado, se trata do valor social deste trabalho.”

          Claro, agora diga isso para o cara que trabalha como limpador de tubulações de esgoto, reparador de torres elétricas, coveiro,lixeiro, etc..e vê se ele está preocupado com o “valor social” do trabalho dele.

          Essa de “valor social” do trabalho é uma das coisas mais RIDICULAS que eu já ouvi(no mínimo alguma bobagem marxista), é ridícula porque parte do principio que é um alguma “glória” trabalhar, ridículo porque não percebe que as mulheres são as maiores privilegidas, pois são poupadas de trabalho pesado, e ridículo porque acha que homens não valorizam o trabalho de dona de casa(se isso fosse verdade homens não preocupariam tanto em inventar eletrodomésticos que facilitam o serviço doméstico, por ex).

          “Uma das consequências do machismo. A imposição de condutas por sexo.”

          Chega a ser risível esse tipo de comentário. Colocar a divisão de tarefas numa perspectiva de “machismo” é ridículo. Homens não fazem trabalhos pesados para provarem que são “machos” ou mostrar que são superiores que as mulheres. Fazem porque não há ninguém que faça por eles.

          “Trabalhar em casa também é trabalho, porém não é assalariado. Partindo da premissa que o único trabalho a ser analisado é o assalariado, vc afirma o MAIOR VALOR SOCIAL do homem.”

          Nunca disse que trabalhar em casa não é trabalho, e tbm sequer estava discutindo salario. Vc não entendeu(ou não quis entender) o que eu disse. É bem simples: homens sempre se fuderam mais que as mulheres ao longo da história, e um dos motivos é porque a sociedade( e as mulheres) medem o homem pela capacidade produtiva dele. Outro motivo é porque a condição masculina(ser mais forte, não engravidar, etc) o coloca na posição de besta de carga a serviço das mulheres.

          “Enquanto isso a mulher era a parideira que tinha que se contentar com seu destino de cozinha e banheiro, ela era o objeto doméstico e sexual. Servia pra cozinhar e pra transar.”

          Para começar mulheres NUNCA foram proibidas de trabalhar fora. Elas optavam por ficar em casa por livre e espontânea vontade.

          Nem vou me dar o trabalho de explicar. Nesse link tem tudo: http://silviokoerich.blogspot.com/2009/05/as-mulheres-eram-oprimidas-e-impedidas.html

          • Valor social é um conceito bem idiota da sociologia, mesmo.

            Não importa se o sujeito das tubulações se importa com isso. Essa é uma constatação dos movvimentos da sociedade, não precisa que alguém se interesse para determinar sua trajetória.

            Antes de Newton o conceito de gravidade não existia, logo, antes de Newton a gravidade não existia?

            Dane-se se eletrodomésticos foram inventados, isso não é prova de nada. Fazer do empregado um alguém mais eficiênte é do interesse do patrão.

            E vc citou o trabalho pesado dos homens, não falou sobre salário, mas esse trabalho é assalariado e consegue propriedade privada, esta é a ligação. Sendo o trabalho que consegue a propriedade privada, é o trabalho de mais valor social.

            Por último,nada tem a ver prestígio e valor social. Isso é pressuposto teu.

            • “Valor social é um conceito bem idiota da sociologia, mesmo.”

              Concordo, hehehe

              “Dane-se se eletrodomésticos foram inventados, isso não é prova de nada. Fazer do empregado um alguém mais eficiênte é do interesse do patrão.”

              Máquinas não são inventadas para satisfazer interesses capitalistas malvados. Invenções surgem da necessidade de facilitar a vida e resolver problemas. Um exemplo bem didático para vc: sabe como foi inventado o carrinho de supermercado? Antigamente não havia carrinhos e as mulheres tinham que carregar nos braços um monte de sacolas pesadas. Um dono de mercadinho nos EUA, ao ver o trabalho que as mulheres passavam, ficou com pena e teve a idéia de pegar duas cadeiras de metal, junta-las e colocar umas rodinhas nelas. Nasceu o primeiro carrinho de supermercado.

              É claro que na mente doentia de um marxista a explicação seria a seguinte: um dono de mercadinho inventou o carrinho de supermercado porque queria que mulheres comprassem mais produtos e se tornassem consumidores mais “eficientes” .

              “E vc citou o trabalho pesado dos homens, não falou sobre salário, mas esse trabalho é assalariado e consegue propriedade privada, esta é a ligação. Sendo o trabalho que consegue a propriedade privada, é o trabalho de mais valor social.”

              Sendo que eu sequer estou discutindo propriedade privada aqui. Estou mostrando como mulheres são privilegiadas ao serem poupadas de trabalhos pesados. Isso é cacoete típico de marxista: querer encaixar tudo na palhaçada marxista.

    • “Não, partindo dessa premissa, as mulheres são pressionadas a terem valor social menor, direitos políticos menores e participaçõa econômica menor. Sendo assim, determinadas pelo prórpio meio de existência e pelo próprio machismo a serem “donas de casa”.”

      Vc parte da premissa equivocada que trabalho é um privilégio e não uma obrigação. Ninguém trabalha para mostrar que é “foda”, e sim por necessidade. A vitima do “maior valor social” é o próprio homem. Homem que trabalha é “o cara”, homem que não trabalha é um bosta.

      Sendo assim,o homem torna-se escravo desse “maior valor social”, pois a sociedade passa a medir o valor de um homem pela sua capacidade produtiva.

      E quando falo em sociedade falo tbm nas mulheres, pois elas fazem parte da sociedade e são as principais incentivadoras desse juizo de valor. Até hoje é assim, a maioria das mulheres – mesmo as que trabalham e ganham bem – querem se relacionar com um homem que ganhe no mínimo tão bem quanto elas. Não aceitando homens que não ganham bem. O link a seguir é de um estudo que mostra que, nos casais em que o homem ganha menos ou perde o emprego, há mais divórcios. http://www.opovo.com.br/opovo/economia/782286.html

      Sobre participação politica mulheres nunca foram as unicas oprimidas, homens tbm foram. Antigamente um homem para votar tinha que ter uma renda minima e ser alfabetizado, por exemplo. Homens tiveram que lutar para ganhar o direito de voto, e foram estes homens que abriram caminho para as mulheres tbm exercerem seu direito de votar.

      Pare para pensar um pouco e veja quem é o verdadeiro oprimido.

      • “Sendo assim,o homem torna-se escravo desse “maior valor social”, pois a sociedade passa a medir o valor de um homem pela sua capacidade produtiva. ”

        Uma das consequências do machismo. A imposição de condutas por sexo.

        Trabalhar em casa também é trabalho, porém não é assalariado. Partindo da premissa que o único trabalho a ser analisado é o assalariado, vc afirma o MAIOR VALOR SOCIAL do homem.

        “Sobre participação politica mulheres nunca foram as unicas oprimidas, homens tbm foram. Antigamente um homem para votar tinha que ter uma renda minima e ser alfabetizado, por exemplo. Homens tiveram que lutar para ganhar o direito de voto, e foram estes homens que abriram caminho para as mulheres tbm exercerem seu direito de votar.”

        Enquanto isso a mulher era a parideira que tinha que se contentar com seu destino de cozinha e banheiro, ela era o objeto doméstico e sexual. Servia pra cozinhar e pra transar.

  64. Onde está falando sobre isso? Além de burro começa a ter alucinações!

  65. “Não, partindo dessa premissa, as mulheres são pressionadas a terem valor social menor, direitos políticos menores e participaçõa econômica menor. Sendo assim, determinadas pelo prórpio meio de existência e pelo próprio machismo a serem “donas de casa”.”

    Você nem sabe interpretar as coisas. Isso significa que na verdade, a mulher escolhe ser a sim por pura conformidade, não por obrigação como você pensa. Se fosses levar seus raciocínios mais adiante, partindo de tais premissas, os homens escravizariam as mulheres, já que podem induzi-lás como bem entende-las. Isso é, como você pensa.

    • Eu não sei interpretar?

      Puta merda. Você parte do princípio que nós controlamos nossos atos da maneira que queremos. Isso é uma mentira. Também não falei de “obrigação”, mas de imposição.

      “Se fosses levar seus raciocínios mais adiante, partindo de tais premissas, os homens escravizariam as mulheres, já que podem induzi-lás como bem entende-las. Isso é, como você pensa.”

      Não, pois a pressões materiais e intelectuais [como sempre digo] forçariam as mulheres a se rebelarem. Na verdade, forçou a algo, já. Teóricas feministas agora existem.

  66. “Puta merda. Você parte do princípio que nós controlamos nossos atos da maneira que queremos. Isso é uma mentira. Também não falei de “obrigação”, mas de imposição.”

    Não é uma mentira. Controlamos nossos atos como bem entendemos, desde que qualquer de nossas ações e/ou opiniões sejam emitidas sem nenhum julgo moral. Isso se chama lógica, algo que você desconhece, pois resume tudo ao historicismo e sentimentalismo. Pensa que todas as ações do indíviduo se dão pela tradição. Se assim o fosse,a humanidade seria a mesma desde que se entende por gente.

    “Não, pois a pressões materiais e intelectuais [como sempre digo] forçariam as mulheres a se rebelarem. Na verdade, forçou a algo, já. Teóricas feministas agora existem.”

    Isso contradiz totalmente o que você disse anteriormente. Se as pressões do meio mantém, como essas mesmas pressões podem forçar a uma mudança significativa? Seria o mesmo que dizer que um hipnotizado sai da hipnose pela própria hipnose.

    Sua anta.

    • Okay, vou ser didático.

      O indivíduo é oprimido pelo meio, inevitavelmente. Enquanto existe algum suspiro, alguma margem de esperança, ele não se rebela de determinadas ações e influências. Enquanto ele segue as influências, as determinações, ele não sente toda sua imperiosidade.

      Porém quando as pressões materiais e intelectuais são tão forte que expressam a exploração [seja ela qual for] extrema que inibe a própria sobrevivência material e psicológica, o indivíduo tenta lhe rebater. Sobrevivência.

      Ver a realidade, abstraí-la e depois reagir. Essa é a praxis. Procure por Atividade Humana Sensível no google, ou por Ser Humano Como Atividade Sensível. Na moral, agora não tô de sacagem contigo.

    • Pra reforçar, entendendo o que eu disse e procurando por o que eu sugeri, vc perceberá o por que da sociedade não ser a mesma pra sempre, mas sim que ela demora muito pra mudar significativamente (ou seja, pra que suas estruturas sejam quebradas e refeitas).

      Também perceberá que as ações não são de vontade nossa. Claro que está parte é a metafísica que eu concordo. Aqui você pode não concordar que não muito o que fazer, porém, ela se baseia na realidade dos fatos, não na imaginação.

  67. Como sempre você resume todo como se existisse um véu oculto sobre as pessoas que as impedem de enxergar o real. Na boa, todo mundo sabe da hipocrisia reinante da sociedade, das palhaçadas dos ditos “IGUALITARISTAS”. A questão não é que o ser-humano não reage por não ter consciência disso. Ele não reage por pura conformidade. A analogia serve para as mulheres. Elas sempre tiveram ciência da situação, apenas não reagiam por pura conformidade. Acha que eles preferem ir pra guerra do que passar vassoura na casa? Acha que elas preferem ir construir rodovias do que ir catar roupas sujas? Acha que elas preferem arar a terra do que ir cuidar das crianças? É óbvio que elas preferem o que for mais leviano, e isso, não é resultado da pressão do meio, mas pelo fato da conformidade, preferir o que for mais brando.

    Basta ver as moderninhas de hoje, querem os mesmos direitos dos homens mas não querem os deveres.

    • Vc não entendeu NADA do que eu falei. Por favor, re-leia. Tô falando sério. Como eu havia dito, dessa vez não tem sacangem.

  68. Só pra complementar, o feminismo só começou a dar as caras depois que começaram a aparecer os confortos técnológicos e o estado protegendo os indíviduos – com proteção acentuada as mulheres. Antes disso, feminismo não existia nem na imaginação de muita gente. Isso leva ao que estou explicitando, elas agem por pura conformidade, só quando a situação foi favorável é que apareceram pra enxer o saco. Queria ver feministas antes dessas regalias.

  69. Entendi perfeitamente o que você disse. Que o meio oprime mas o indíviduo só toma noção dessa pressão quando surgem forças intelectuais que lhe revelam que ele está sendo manipulado. Oh, grande coisa. Como se isso fosse refutar o que postei.

    • Não, não disse isso.

      Caralho, desperdicei verbo.

      • Raphael disse: “Entendi perfeitamente o que você disse. Que o meio oprime mas o indíviduo só toma noção dessa pressão quando surgem forças intelectuais que lhe revelam que ele está sendo manipulado.”

        Vinicius respondeu: “Não, não disse isso.

        Caralho, desperdicei verbo.”

        Na verdade vc disse sim. Veja o que vc escreveu:

        “Não, pois a pressões materiais e intelectuais [como sempre digo] forçariam as mulheres a se rebelarem. Na verdade, forçou a algo, já. Teóricas feministas agora existem.”

        Ou seja, as teoricas feministas são justamente “forças intelectuais” que revelam a “manipulação” para as demais mulheres.

        Tenha um pouco de dignidade e admita o que vc disse.

        • Eu não preciso pedir pra que vcs procurem Atividade Humana Sensível no google, né?

          • Conheço essa besteira marxista de atividade humana sensivel. Minha vez de dar uma sugestão: leia “A ação humana” do Ludwig Von Mises.

  70. “O indivíduo é oprimido pelo meio, inevitavelmente. Enquanto existe algum suspiro, alguma margem de esperança, ele não se rebela de determinadas ações e influências. Enquanto ele segue as influências, as determinações, ele não sente toda sua imperiosidade.

    Porém quando as pressões materiais e intelectuais são tão forte que expressam a exploração [seja ela qual for] extrema que inibe a própria sobrevivência material e psicológica, o indivíduo tenta lhe rebater. Sobrevivência.”

    “Que o meio oprime mas o indíviduo só toma noção dessa pressão quando surgem forças intelectuais que lhe revelam que ele está sendo manipulado”

    Tem certeza? hahahahahaha

    • Sim.

      Nada é revelado, é a sobrevivência. É a necessidade de viver em condições melhores.

      Não há “Força intelectual”. Puta merda, isso chega a ser uma ofensa. Não há transcendência nenhuma.

      Não há a tal “força” que “revela” a “manipulação”. Putz grila.

      Vai na porra do google e procura por o que eu te sugeri!

  71. Você sabe que eu compreendi perfeitamente, só não quer admitir. Mas isso não é surpresa, já que você toma suas decisões baseadas me sentimentos.

    • Aham, claro.

      Você é foda, eu não quero admitir pra não “perder”.

      • “Não, pois a pressões materiais e intelectuais [como sempre digo] forçariam as mulheres a se rebelarem. Na verdade, forçou a algo, já. Teóricas feministas agora existem.”

        O fato é que o sr. Vinicius se enrolou feio com esse seu argumento de pressão e imposição do meio, pois este argumento dele apenas reforça tudo que os “misoginos-machistas-malvados” tem dito desde o começo: que o meio força os homens e mulheres a assumirem papéis diferentes por uma questão de sobrevivência. Em outras palavras, ele apenas deu mais munição para detonarem ele.

        As tais “pressões materiais e intelectuais” que levaram as mulheres a se rebelarem nada mais foi que advento do mundo moderno.No mundo moderno a mulher não está mais expostas ao mesmos riscos de outrora, está livre tbm do fardo da gravidez(anticoncepcional),o serviço doméstico ficou mais fácil com máquinas de lavar roupas e demais eletrodomésticos. Tudo isso deu condições para as mulheres se “rebelarem” e exigir “direitos iguais”. Por essa razão simples que feminismo é um fenomeno tipicamente ocidental, por isso não vê mulher lutando por “direitos iguais” no mundo pré-revolução ou numa tirbo africana(tbm pudera, quem vai querer lutar pelo “direito” de sair para caçar leões?).

        • Se “rebelarem” entre aspas, pois como já expliquei posts atrás ningúem fez muita resistência ao feminismo. Pelo contrário, grandões do capitalismo como Rockenfeller e Ford deram o maior apoio ao feminismo.

          • Detalhe: anticoncepcionais e eletrodomésticos como máquina de lavar foram invenções MASCULINAS. Pode pesquisar e conferir. Esses homens são mesmo malvados e opressores, o que eles estão pensando quando criam coisas que facilitam a vida da mulher?

        • Não.

          Fardo?

          Os direitos iguais tem a ver com a isonomia. A isonomia é diretamente ligada ao sistema de poder, este é ligado, desde de muito tempo, à propriedade. Quando a familia passou a ser patriarcal, a propriedade como hoje é vista foi inventada (juntamente com a herança moderna).

          • me diz uma coisa…já experimentou pensar por si próprio? Pesquisar outras fontes, outros autores e parar de repetir as bobagens marxistas que nem um papagaio?

            Outra coisa: seria de um grande avanço para desenvolvimento intelectual se vc tirasse as viseiras marxistas por um instante e lesse de novo tudo que foi dito aqui.

        • Não seja mongol.

          Novamente, quer saber o que são pressões materiais e intelectuais com a mínima precisão (qual vc ainda não tem)?

          Procure no google o que eu sugeri…

  72. agora sim a festa tá completa,Maringa e seus argumentos baseados em revista Veja e Wikipedia chegou!abraço Maringa

    “É óbvio que elas preferem o que for mais leviano, e isso, não é resultado da pressão do meio, mas pelo fato da conformidade, preferir o que for mais brando.”

    como já foi dito antes,não dá para saber se vcs estão falando sério ou fazendo piadas..(porém de qualquer forma continuem assim que estou rindo bagarái com a estupidez humana)provavelmente apenas shock tatics(para escandalizar papai e mamãe)…

    um cara ai disse que deveria existir a lei “João da Penha” ok,pq vcs não vão á Brasilia apresentar esse projeto(como já foi dito,vcs preferem se esconder atrás da internet)vão á Brasilia e apresentem o projeto,verão deputados e senadores cairem no chão de tanto dar risada

    Um outro cara ai recomendou um livro,na boa estamos discutindo com vcs e ñ com o cara que escreveu o livro,se ñ tem mais argumentos…

    Um amigo de vcs disse “É inútil discutir aqui,já falei.”
    esse é o cara mais racional do seu grupo…

    abraços…

    • “Um outro cara ai recomendou um livro,na boa estamos discutindo com vcs e ñ com o cara que escreveu o livro,se ñ tem mais argumentos…”

      Vcs estão desesperados mesmo. Alguns dos argumentos citados aqui foram tirados do livro do Van Creveld.

      No mais se citar livros te incomoda diga para seu amigo Vinicius parar de citar tbm, não estamos discutindo com Marx ou Durkeim, mas com o Vinicius 😉

      • Vamos pensar…Eu citei autores pq isso foi tratado como forma de valorizar o comentário…Só ler a dsicussão

    • Essa é a verdade. Se você vive no seu mundinho fantasioso, onde as mulheres querem ser exercer cargos de alta periculosidade, mas o pratriarcado “opressor” não permite, eu é que tenho que dar rizadas. Hoje qualquer cidadão é livre pra exercer a função que quiser, só não o faz quem não quer, como é o caso das mulheres. Peça pra alguma das suas amiguinhas “mudernas” ir trabalhar como serventes de obra numa construção civil.

      PS: Mande um vídeo para comprovar.

  73. Sr. Vinícuius

    Você fala do ser humano como se fosse um robozinho pronto para ser programado e fazer o que lhe mandam. Veja bem, nós, seres humanos, da espécie homo sapiens, somos um tipo de primata, MACACOS mesmo.

    Você que critica a igreja, pensa da mesma maneira, ao colocar a sua espécie num pedestal e ignorar a animalidade humana, os instintos (o que você chama de “sobrevivência”) e ignora o nosso processo evolutivo.

    Se todos os costumes e as “desigualdades” que existem entre homens e mulheres são culpas do patriarcado, porque será que mesmo nas culturas pré-colombianas foram observadas sociedades de estrutura patriarcal, muito parecidas com as da Europa, Ásia e África? Detalhe, os povos das Américas estavam separados dos demais por, pelo menos, 20 mil anos. Será, por acaso, que o patriarcado foi inventado em pleno neolítico? De acordo com o “bigodudinho” (eu já li esse livro que você citou), o patriarcado surgiu há bem menos tempo. Aliás, Engels falou de como eram as sociedades antes do patriarcado, onde havia promiscuidade e incesto. É num mundo desses que você gostaria de viver?

    Quando quiser saber mais sobre seres humanos, deixe um pouco de lado esses sociólogos e historiadores, busca ler livros sobre medicina, zoologia e genética. Veja se a visão deles sobre o papel do homem e da mulher são mesmo iguais, se eles também acham que estamos à parte da Natureza.

    É muita PRESUNÇÂO um sujeito que nunca abriu um cadáver na vida, nunca leu um trabalho sério sobre comportamento animal, mente humana, genética, ficar escrevendo livros “provando” que não existem diferenças entre os sexos. É como querer diagnosticar um câncer apenas estudando o histórico da família do paciente.

    • Oh, God,promiscuidade e incesto? Matem-me.

      Ademais, Engels mostra o caminho histórico tanto para a invenção da propriedade quanto para a do Estado, e assim, mostra que teve como consequência a família patriarcal, mas que ela é totalmente anacrônica.

      Quer ler Biologia? O faça, a biologia não determina nossa personalidade, não determina a consciência comum, não determina as funções sociais(a longo prazo). Somente as biológicas.

    • O ser humano se difere dos outros animais por conseguir mudar a natureza conforme necessita. Esta é a atividade sensível. Praxis.

      • “Quer ler Biologia? O faça, a biologia não determina nossa personalidade, não determina a consciência comum, não determina as funções sociais(a longo prazo).”

        Na verdade determina sim. A neurociencia já identificou que existem diferenças nos padrões neurológicas do cérebro masculinos e femininos desde de nascença, isso foi descoberto em um estudos com recém-nascidos. Ou seja, homens e mulheres já nascem com diferenças neurológicas que influenciam desde o comportamento de cada um até os assuntos de interesse de cada sexo(não pense que menino gostar de brincar de carrinho e menina de boneca é “construção social”).

        A genética comportamental, por sua vez, já provou que muito da personalidade é de fundo genético.

        “O ser humano se difere dos outros animais por conseguir mudar a natureza conforme necessita. Esta é a atividade sensível.”

        Sinto te dar essa noticia: mas a capacidade de transformar a natureza terrestre sequer é um talento singular humano. As bactérias já o fizeram, e de um modo ainda mais contundente, quando transformaram a atmosfera terrestre de redutora para oxidante.

        Enfim, já saquei qual é a sua. Vc é um daqueles das humanas que acha que tudo é “construção social”, e tem a menor idéia de como andam os avanços da neurociência e da genética, e como estas estão derrubando os mitos criados por sociólogos.

        • Sinto te dizer, mas sem influência externa nada é ativado no ser humano. O meio o faz. Claro que existem os charlatões que afirmam o que não provam, eles somente fazem induções ridículas…

          ”Sinto te dar essa noticia: mas a capacidade de transformar a natureza terrestre sequer é um talento singular humano. As bactérias já o fizeram, e de um modo ainda mais contundente, quando transformaram a atmosfera terrestre de redutora para oxidante. ”

          Procurou atividade sensível no google?

          • “Sinto te dizer, mas sem influência externa nada é ativado no ser humano. O meio o faz. ”

            É mesmo? Como explica então vários casos registrados de gêmeos separados no nascimento que partilham de vários gostos e traços comportamentais em comum sem nunca terem se conhecido?

            Não somos tábulas rasas, já nascemos programados a ser muito do que somos – agitado ou tranqüilo, introvertido ou extrovertido etc.. independente de influências externas.

            “Claro que existem os charlatões que afirmam o que não provam, eles somente fazem induções ridículas…”

            Amiguinho, se informa um pouco sobre genética e neurociência, e mais, se informe sobre como funciona o método cientifico.

            • Mentira!

              “Uma outra concepção que afasta as pessoas do reconhecimento das contribuições da genética comportamental é a posição já ultrapassada do “determinismo genético”, combinada ao que é referido na literatura (Rachels, 1991) como “falácia naturalista”. O “determinismo genético” postula que certos aspectos nossa personalidade e nosso comportamento seriam definidos por nossos genes, de modo inescapável. Essa posição está completamente ultrapassada, sabemos hoje que todo comportamento depende, em maior ou menor grau, de fatores genéticos e de fatores ambientais, interagindo de maneira extremamente complexa.”

              “Na realidade, o percentual de herdabilidade não é algo fixo, estático. O conceito só adquire seu significado se partirmos do pressuposto de que os fatores ambientais ocorrem de modo mais ou menos homogêneo em uma dada população. Na medida em que existe uma influência atípica de algum fator, o meio passa a ser mais responsável, em termos relativos, pelas diferenças observadas entre os sujeitos.”

              Não há determinação.

              http://www.cerebromente.org.br/n14/mente/genetica-comportamental1.html

              • Vinicius.Retirado do mesmo site(que eu já conhecia).

                “Uma das diferenças mais interessantes refere-se à maneira segundo a qual os homens e as mulheres calculam o tempo, estimam a velocidade de objetos, realizam cálculos matemáticos mentais, orientam-se no espaço e visualizam os objetos tridimensionais, e assim por diante. Ao realizar todas essas tarefas, os homens e as mulheres são extremamente diferentes, assim como o são quando seus cérebros processam a linguagem. Isso poderia explicar, afirmam os cientistas, o fato de que existem mais homens matemáticos, pilotos de avião, guia de safari, engenheiros mecânicos, arquitetos e pilotos de Fórmula 1 do que mulheres.”

                No início dessas investigações, os cientistas eram céticos quando ao papel dos genes e das diferenças biológicas, dado que o aprendizado cultural é muito poderoso e influente entre os seres humanos. As meninas são mais propensas a brincar de boneca e cooperar entre si do que os meninos, porque assim são ensinadas por seus pais, professores e colegas ou é exatamente o contrário?

                “No entanto, as diferenças de gênero já se manifestam desde alguns meses após o nascimente, quando a influência social ainda é pequena. Por exemplo, Anne Moir e David Jessel, em seu controverso e admirável livro “Brain Sex” (“O sexo do cérebro”) (11), oferecem explicações para essas diferenças precoces nas crianças:

                “Essas diferenças discerníveis e mensuráveis do comportamento são programadas muito antes que as influências externas tenham a oportunidade de se manifestar. Elas refletem uma diferença básica no cérebro do recém-nascido que já conhecemos — a maior eficiência dos homens quanto a habilidades espaciais, a maior habilidade das mulheres quanto à fala.”

            • http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-79722002000200019&script=sci_arttext&tlng=in

              “A influência exercida pela genética na determinação do temperamento é investigada principalmente por meio de estudos de genética comportamental, os quais consideram que os genes são responsáveis por traços ou comportamentos. É importante frisar porém que os genes não agem diretamente sobre o comportamento, eles afetam dimensões das diferenças individuais pela modificação de estruturas biológicas, regulação de processos em andamento, codificação de proteínas que afetam estruturas e processos regulativos. Pesquisadores, biologicamente embasados, têm procurado identificar estruturas particulares, caminhos neurais, transmissores químicos, ou hormônios, associados às diferenças individuais (Revelle, 1995). Para Strelau (1998), os genes interagem na determinação das diferenças individuais, e a transmissão genética está associada à variabilidade genética nos mecanismos fisiológicos e bioquímicos subjacentes aos traços de temperamento.”

            • “A interação de genes e ambiente pode apresentar padrões de comportamentos não predizíveis, como, por exemplo, gêmeos idênticos predispostos a um traço podem parecer similares em ambientes não estressantes, mas sob estresse podem diferir radicalmente na forma de agir”

              http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-79722002000200019&script=sci_arttext&tlng=in

              • Vou resumir para vc: no que diz respeito a comportamentos e papéis sexuais a genética influencia e MUITO as diferenças de gênero. Se duvida pesquise o caso Breuce Reimer e verá que essa idéia de que a cultura influencia mais que a genética causou verdadeiras tragédias clinicas.

                • Pequise o caso “qualquer caso” para perceber que o Árabe tem chances mínimas de homossexualidade e que o iraniano tem chances mínimas de consumir ópio.

                  Genes da Árabia? Genes do Irã? Repressão?

                • Óbvio, isso não tira a pré-disposição, mas a faz ficar estática.

                  O meio é o gatilho.

                  • “Óbvio, isso não tira a pré-disposição, mas a faz ficar estática.

                    O meio é o gatilho.”

                    Certo, se fosse assim era para o experimento Reimer ter sido um sucesso, não foi.

  74. ow que droga vcs tão usando?parem agora sério

    vcs já estão no fundo do poço…

  75. Cauã, os unicos no fundo do poço são você e seus amigos pseudo-intelectuais que estão tomando uma surra no debate.

  76. hahahahhaahaha
    com esses argumentos?

    acho dificil heim…

  77. Cauã…Pelo menos nós temos argumentos. Exceção do Vinicius não vi ninguém mais argumentar. Vi apenas comentários inuteis como o seu que nada acrescentam ao debate.

    Faz o seguinte: vai para o quarto nanar um pouco e deixa os adultos conversarem.

  78. Enfim, não temos a pretensão de sermos considerados intelectuais, então o termo “pseudo-intelectuais” não nos ofende e nem provoca (eu sei que essa é uma de suas infantis intenções), aliás, ser ofendido por caras como vocês é um grande elogio.Suas piadas non sense são muito boas ri muito com aquela da novela, e aquela da lei João da Penha, foram as melhores.
    Vocês vieram aqui em bando tentar nos convencer de que machismo é foda e que todos os homens deveriam os apoiar, nós com meia dúzia de pessoas rimos das suas ridicularidades e idéias alucinadas, quebramos as suas pernas e deixamos vocês putos, vocês são previsíveis seus argumentos são sempre os mesmos.Gostam de dizer que nossas idéias são baseadas no sentimentalismo, mas e as suas idéias são baseadas no que?Provavelmente são vindas de uma viagem psicodélica muito louca, e não, não lerei porra nenhuma que vocês recomendarem. Vocês são seres tristes tentando escandalizar alguém, e até conseguem, porém não conseguem conversar com ninguém ou convencer ninguém confirmando o que um amigo de vocês já previa.

    Bjin

    • “Enfim, não temos a pretensão de sermos considerados intelectuais,”

      O Vinicius já Marx, Durkheim, Weber…Imagina, vcs não tem pretensões nenhuma de serem intelectuais.

      ” o termo “pseudo-intelectuais” não nos ofende e nem provoca (eu sei que essa é uma de suas infantis intenções),”

      Não foi uma ofensa, foi uma constatação.

      “Vocês vieram aqui em bando tentar nos convencer de que machismo é foda”

      Viemos aqui porque seu amiguinho Vinicius deixou um recado no blog do Lobo.

      “nós com meia dúzia de pessoas rimos das suas ridicularidades e idéias alucinadas, quebramos as suas pernas e deixamos vocês putos,”

      Rir é fácil, agora quero ver contra-argumentar.

      vai nanar, nenê

    • “Enfim, não temos a pretensão de sermos considerados intelectuais,”

      O Vinicius já citou Marx e Durkheim…Imagina, vcs não tem a menor pretensão de serem intelectuais.
      ” não nos ofende e nem provoca (eu sei que essa é uma de suas infantis intenções),”

      Não foi uma ofensa, foi uma constatação.

      ” nós com meia dúzia de pessoas rimos das suas ridicularidades e idéias alucinadas, ”

      Rir é fácil, agora quero ver argumentar.

      Vai nanar, nenê

  79. ah e teve um outro cara ai que disse para lermos genetica e talz e o comportamento animal,blza a cachorrinha cuida dos filhos,a vaquinha também,mas nós seres humanos(ñ sei vocês mas eu ainda sou humano)temos a racionalidade e direito de não conformidade…
    As mulheres de hoje só pedem igualdade (e não ainda não há igualdade,ainda é uma sociedade machista e conservadora)fim do assédio sexual, direito ao aborto e etc…
    Vocês não querem que a vaca ou o cadalinha saia por ai exigindo os mesmos direitos não…

    Ps:o Lobo chorando ajuda para seus miguxos:

    http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=7903831&tid=5411914395445325849

    ri muito….

  80. Escreveu, escreveu, escreveu e não refutou nada. Que vergonha, heim, Cesar…

    Você apenas escreve: “Vocês são isso, são aquilo, por causa disso, por causa daquilo, etc. mas nunca responde objetivamente os posts. Já prevendo uma objeção leviana da sua parte, provavelmente você vai dizer que nós não temos que ser levados a sério, que somos machistas retrógados ou que só lhe resta rir. Mas não veremos nada, absolutamente nada de objetividade e consistência nos seus posts. Apenas o mesmo choro de sempre. E depois quer que não digamos que você está sentimenalizado.

    A sociedade não é machista, exceto na sua letargia mental. Releia os posts, está provado o que dizemos.

  81. blza então você quer que eu me desculpe e diga “puxa vcs estõ certos,como vcs são fodas!”

    “A sociedade não é machista, exceto na sua letargia mental. Releia os posts, está provado o que dizemos.”

    só pra saber o mundo em que vcs vivem se chama terra?

  82. eu acho que não é terra não…

    com comentarios como esse ainda querem ser levados á sério…
    Haja paciência

    • Cesar (autor do blog, não o leitor), alguns posts acima:
      “vão á Brasilia apresentar esse projeto (como já foi dito,vcs preferem se esconder atrás da internet)”

      É, já você precisa se esconder atrás de zombaria. É tão garotão e tão superior que fez pouco do próprio amigo por tabela. O Vinicius (malgrado o texto) e o cesar (agora é o leitor) foram os únicos de sua parte que tiveram a hombridade de trazer algum argumento. Já você, Cesar (o autor)… Do jeito que se limita a ironizar, será surpreendente quando mostrar alguma seriedade e lógica, mas sabemos que você é capaz, então não se reprima.

      O indivíduo não tem coragem de rebater argumentos que ele mesmo taxa de fracos. Diante dos fortes, continuará lhes negando a validade, para não interromper sua fuga.
      ( 2)

      • Meu caro,vi velhos sociologos e alguns filsofos rirem,e ainda disseram que não tinha muito o que fazer além de achar graça,e não levar á sério.E assim até onde eu saiba estamos num pais “livre”,ou seja posso rir e continuarei rindo de argumentos engraçados,ou desesperados como o seu,cara.
        E bela frase,não lhe direi o que eu penso dela porque já percebi que você não aguenta.

  83. Leiam esse texto:

    http://www.olavodecarvalho.org/semana/machismo.htm

    Vou esperar uma argumentação objetiva, em ad rem (direcionada a questão), não em ad hominem ( atacar o interlocutor) que é o que vocês mais fazem.

    Quero ver se são capazes…

    • Raphael, ainda bem que só nós que atacamos os interlocutores né.

      Hum,eu sei que disse que não leria porra nenhuma,mas acabei lendo o texto do cara aí,e responderei porque alguns de vocês se basearam no mesmo para formular comentários.

      Enfim duros trabalhos eram confiados ás mulheres. Essas funções provavelmente eram lhes confiada, provavelmente para que os homens estivessem com as mãos livres para defender a aldeia (ou caverna) de animais que apareciam às vezes. As mulheres dessa época eram bem fortes, alguns arqueólogos e historiadores acreditam que as mulheres que caçavam, e os homens protegiam as crianças.

      Algumas mulheres eram tão robustas e resistentes e participavam de expedições com
      guerreiros. As narrativas de Heródoto, descreviam amazonas, alguns outros testemunhos dizia que mulheres também participavam de guerras, e eram tão corajosas e cruéis quanto os homens, existem relatos de mulheres que mordiam o fígado do inimigo.
      Entretanto por mais fortes e guerreiras que as mulheres fossem, elas precisavam parir e amamentar, algumas guerreiras como as amazonas mutilavam seus seios, e as outras mulheres (que não eram guerreiras) tinham o parto, gravidez e a menstruação que enfraqueciam sua disposição para o trabalho e condenava á longos períodos de impotência.

      Ou seja, dizer que as mulheres preferiam ficar em casa a lutar, ou caçar é pura ignorância, falar que princesas ficavam em casa lendo, e os homens iam á luta, também.As princesas eram exceções às outras mulheres se ferravam, e os príncipes de vez em quando tinham que ir para guerra, geralmente também ficavam coçando o dia inteiro.

      • “Enfim duros trabalhos eram confiados ás mulheres. Essas funções provavelmente eram lhes confiada, provavelmente para que os homens estivessem com as mãos livres para defender a aldeia (ou caverna) de animais que apareciam às vezes.”

        Ou seja, o trabalho mais arriscado sempre fica com o homem. O sujeito arrisca a vida lutando com um animal, a mulher não.

        “As mulheres dessa época eram bem fortes, alguns arqueólogos e historiadores acreditam que as mulheres que caçavam, e os homens protegiam as crianças.”

        Não é duvidando de fonte tão fideldigna como a sua, mas qual a referência disso? Existe alguma prova concreta ou é apenas uma teoria?

        “Algumas mulheres eram tão robustas e resistentes e participavam de expedições com
        guerreiros.”

        Mulheres tbm participaram das Cruzadas na idade média. Mas estes são casos isolados que apenas comprovam a regra: homens é que quem lutam guerra.

        • “Ou seja, dizer que as mulheres preferiam ficar em casa a lutar, ou caçar é pura ignorância, falar que princesas ficavam em casa lendo, e os homens iam á luta, também.As princesas eram exceções às outras mulheres se ferravam, e os príncipes de vez em quando tinham que ir para guerra, geralmente também ficavam coçando o dia inteiro.”

          Vejam quanta contradição. O Vinicius alguns posts estava reclamando que mulheres ficavam trancadas em casa condenadas a cuidar de filhos e do fogão. Agora vêm esse cidadão e diz o contrário: que mulheres não só trabalhavam(o que está correto, mulheres no século XIX trabalhavam fora, por ex) como tbm lutavam em guerras.

          Por favor, notifique as feministas disso, pois elas adoram dizer que homens as proibiram de trabalhar fora e lutar em guerra.

          • Não,não há contradição nenhuma,volte e releia o texto…

            • “Não,não há contradição nenhuma,volte e releia o texto…”

              Eu não disse que vc se contradize. Disse que o Vinicius se contradiz em relação ao que vc disse, ou seja, vcs nem conseguem chegar num consenso entre si. Quem precisa reler o texto é vc.

              “Meu caro,a discussão aqui é a submissão,e não a guerra,volte e releia o texto…”

              Eu entendi muito bem sobre o que é a discussão.Afirmar coisas como “alguns arqueólogos e historiadores acreditam que as mulheres que caçavam, e os homens protegiam as crianças” contradiz a idéia de que a mulher era obrigada a cuidar dos filhos, e portanto, era submissa ao homem.

              Ou seja, vcs estão se contradizendo. Primeiro dizem que a mulher é submissa ao homem, depois apresentam exemplos que mostram o contrário.

              “e pare de limitar os seus conhecimentos e comece á ler atualidades ou assista um documentario sobre pré história…”

              É hilário como na falta de argumentos o interlocutor se julga capaz de advinhar o grau de conhecimentos do outro, e tenta desesperadamente desqualifica-lo.

              • Adball oq eu disse no texto foi o seguinte:
                Que as mulheres,tinham as mesmas condições e igualdades dos homens,e conclui dizendo que devido aos fardos,se tornavam impotentes,deixando-as incapazes e submissas.
                E não tentei advinhar o seu conhecimento,ou desqualifica-lo…

                apenas constatei!

                • “Que as mulheres,tinham as mesmas condições e igualdades dos homens,e conclui dizendo que devido aos fardos,se tornavam impotentes,deixando-as incapazes e submissas.”

                  E e nesse ponto que está discordância. Se mulheres são “submissas”(ênfase muito grande nas aspas) aos homens é porque, dada as circunstâncias, isso foi vantajoso para elas durante muito tempo, pois os fardos femininos(gravidez, menstruação, etc) trazem diversos revezes as mulheres. É o que “machistas-misóginos-malvados” estão dizendo desde o começo, mas vcs fingem não entender.

                  “E não tentei advinhar o seu conhecimento,ou desqualifica-lo…

                  apenas constatei!”

                  Constatou muito mal.

                  • “Que as mulheres,tinham as mesmas condições e igualdades dos homens,e conclui dizendo que devido aos fardos,se tornavam impotentes,deixando-as incapazes e submissas.”

                    Dizer primeiro que mulheres tem as mesmas igualdades e condições dos homens, e dizer em seguida que os fardos as tornam impotentes é uma contradição. Se os fardos tornam as mulheres incapazes então elas não tem as mesmas condições que os homens.

                    Mulheres tem condições e igualdade hoje em grande parte graças aos homens, pois foram deles surgiram invenções como o anticoncepcional e os avanços técnologicos que tornaram os trabalhos menos perigosos, permitindo mulheres competir em pé de igualdade com os homens.

                    Aguardo o próximo ataque pessoal.

                    • Adball nós entendemos,porém não concordamos, não há submissão por vantagem,vc precisou ser amamentado não?e para isso as mulheres tiveram que ficar sem trabalhar temporariamente,oq provavelmente fez com que homens descartassem as mulheres do trabalho,por classificar os “fardos” como uma doença entende(imagine homens da idade da pedra vendo mulheres menstruando e etc..) …não foi por conforto,você leu sobre as amazonas que se negavam á carregar esses fardos? e Adball leia todos os seus posts verá que o uso do termo “contatação” foi ironia.(mas na boa minha intenção não foi ridiculariza-lo)mas entenda oq quiser.

                    • já fui ridicularizado e bastante ofendido por aqui,e mesmo assim ainda estou aqui sem choramingar…

        • Meu caro,a discussão aqui é a submissão,e não a guerra,volte e releia o texto…e pare de limitar os seus conhecimentos e comece á ler atualidades ou assista um documentario sobre pré história…

          • “Adball nós entendemos,porém não concordamos, não há submissão por vantagem,vc precisou ser amamentado não?”

            Rsrsrs…realmente, amamentar é mesmo um fardo terrível para a mulher, moleza mesmo é sair para caçar tigres.

            “e para isso as mulheres tiveram que ficar sem trabalhar temporariamente,oq provavelmente fez com que homens descartassem as mulheres do trabalho,por classificar os “fardos” como uma doença entende(imagine homens da idade da pedra vendo mulheres menstruando e etc..) …”

            Em sociedades primitivas mulheres são consideradas divinas, pois acreditava-se elas serem as unicas responsáveis pela criação. Além disso, analisar tudo julgando apenas sociedade pré-históricas é reducionismo. Na sociedade moderna gravidez e menstruação não é visto mais como doença.

            O motivo que leva homens a descartar as mulheres do trabalho é simples. Os homens literalmente não podem existir sem as mulheres. Já as mulheres, enquanto houver um único doador de sêmen, podem existir perfeitamente sem os homens. Essa condição natural condenou o sexo masculino a trabalhar mais pesado para sustentar o sexo feminino. Também teve como resultado o fato de que os homens são tratados com mais rigidez na educação infantil e perante a Justiça, além de estarem sempre prontos a morrer pelas mulheres em tempos de guerra ou de paz.

            “não foi por conforto,você leu sobre as amazonas que se negavam á carregar esses fardos”

            Falar em amazonas (que são um mito, diga-se de passagem) e demais sociedades de mulheres guerreiras que mutilam os seios é falácia da amostra limitada. São casos isolados que não servem como regra geral. Demonstre que mulheres, ao longo da história, estão inconformadas com sua condição e revoltadas com os homens. Mostre que a vida do homem é mais fácil que a da mulher. Oras, se a mulher é a “oprimida” então deduz que o “opressor” leva uma vida confortável as custas do trabalho do “oprimido”, mas o que ocorre no caso de homem e mulher é o oposto. Conforme já foi demonstrado aqui diversas vezes por A+B.

            Além disso, essas sociedades de mulheres guerreiras desapareceram da face da terra. Porque será? Será porque se percebeu que a família tradicional como conhecemos é o melhor modelo para garantir a sobrevivência da espécie? Pesquise um pouco sobre isso.

            Hoje em dia mulheres não sofrem mais com os “fardos” (ênfase nas aspas) e nem por isso vemos filas de mulheres querendo servir no exército. Tenho certeza que vc virá com uma explicação pseudo- cientifica marxista de como mulheres são “pressionadas” a não servir no exercito. Mas eu tenho uma explicação melhor e mais simples: mulheres e homens são diferentes e possuem interesses diferentes.

            Essa teoria de mulheres oprimidas parte da premissa falsa de que todas as mulheres queriam ou tem interesse em ser iguais aos homens no que se refere as suas competências de destaque.

            Ninguem quer ir a guerra, mas o homem é forçado em vista das necessidades.

            Do mesmo modo que ninguem constroi edificios por construir.

            A teoria da opressão de mulheres é como um arqueologo do futuro examinar nossas cidades e concluir que as casas pequenas eram oprimidas pelo edificios. e que de alguma forma os burocratas não deixavam todos construir edificios altos. hahaha.

            • Adball,não irei mais mastigar nada para você ok,tudo isso que vc disse seus amiguinhos já disseram,eu me resumi á pré história e á idade média,porque o texto que pediram para que eu lesse se resumia á isso ou seja eu estou argumentando sobre o texto.Eu e o Vinicius somos caras diferentes,eu não sou marxista,e temos algumas opiniões diferentes vocês se contradizem toda hora e eu não achei isso algo ruim..

    • Raphael vc chegou aqui cuspindo abelhas…e agora quer ser respeitado e aplaudido?

  84. Homem que fica com várias mulheres é foda, mulher que fica com vários homens é vadia, a mulher tem um salário menor que o homem (fato), e no ambiente de trabalho ainda são ridicularizadas por alguns homens, pergunte á uma mulher que trabalha se ela nunca foi ridicularizada no trabalho, um close de uma bunda na TV é legal, um cara sem camisa é pouca vergonha, as mulheres tem uma dupla jornada…

    Enfim se isso não é Machismo então acho que mudou de nome…

    E nem sou mulher e nem precisei sair por ai perguntando algo á elas, apenas vi e entendi.
    Mas se vocês preferem continuar cegos….

  85. A própria mulher valoriza o homem que possui um maior histórico de parceiras. Não são elas mesmas que dizem que o cara tem que ter experiência? Agora só falta você dizer que elas pensam assim pelos condicionamentos machistas…

    Ao contrário do cara que pega várias e é visto como foda pelos motivos acima, a mulher que fica com vários é vadia, pois tanto mulheres como homens pensam assim. Direito de pura escolha. No caso do homem que pega várias ser visto como foda, também é questão de escolha, já que as próprias mulheres valorizam isso.

    “No ambiente de trabalho ainda são ridicularizadas por alguns homens.”
    Só se for nos seus exemplos particulares. Essa é uma questão dúbia, quero ver alguma relevancia lógica ou fonte que comprove isso.

    Ganham menos pois exercem funções que exigem menos labor. Só pra constar, existem mais cirurgiões homens e mais médicas de consultório. É óbvio que nesse caso os homens tem que ganhar mais.

    “um close de uma bunda na TV é legal, um cara sem camisa é pouca vergonha”

    Olha só como você se contradiz. Primeiro diz que é a favor da liberalidade feminina, quando reclama que elas são vistas como vadias quando estãoc om vários caras, mas agora, condena elas mostrarem a bunda e reclama do fato de homem sem camisa ser pouca vergonha. Ilogismo.

    Dupla jornada… Sei bem da dupla jornada que feministas que tem empregada e marido que compartilha as tarefas come ela tem que passar…

    E agora, vejamos exemplos: Mulheres tem delegacia própria, aposentam mais cedo, tem leis especiais de proteção; Se um homem bate numa mulher é covardia, se uma mulher bate num homem é comédia; Experimente ir num programa de auditório e dizer que homens são mais inteligentes. Será vaiado e na pior das hipóteses expulso. Diga que mulheres são mais inteligentes e será aplaudido de pé. Se um homem chora, riem dele, se uma mulher chora, se compadecem com ela. Homem tem alistamento militar obrigatório, mulher não.

    Esses são só alguns exemplos. E não adianta vir com o papo de que mulheres são mais frágeis. Se é para haver igualdade, que seja igualdade plena. Do contrário, são apenas privilégios, o que é bem diferente, e anula a questão em pauta.

    • “Homens não podem chorar”, claro que podem é que o homem que chora (por exemplo, com filmes e coisas assim) são apontados pelos outros como afeminados e etc. Qual é o nome disso?
      “Mulheres não precisam se alistar”, ai você discute com o governo que você acredita cara.

      E sobre os homens que apanham, sim existem homens que apanham e é preocupante já que agressividade é sinal de ira maior que a razão, mas assim leis não adiantam de nada o mundo está por ai lotado de leis e o mundo continua uma bosta, a maioria dos homens que sofrem disso não denuncia por vergonha, e como se chama isso? E na boa (eu disse na boa!) acredito que a luta de vocês não seja essa, os primeiros comentários foram coisas como: “Seus viados, seus babacas, serão corneados,são submissos á mulher.”então fica meio estranho falar disso agora ,entende.

  86. Mais uma coisa que deve ser notificada:

    Pesquisa: Mulher APROVA VIOLÊNCIA contra homem
    “Mais da metade das mulheres perguntadas na Universidade de Glasgow disseram que aprovavam esposas baterem em seus maridos.
    .
    Das 200 mulheres desta universidade 60% disseram ser aceitável pra mulher bater nos maridos, enquanto 35% admitiram atacar o parceiro.
    .
    Um total de 8% admitiram machucar o parceiro – o maior indice do estudo.
    .
    As britânicas são as mais violentas com 41% delas admitindo socar e chutar os parceiros
    .
    O estudo com 6,500 mulheres em 36 universidades perguntou sobre violência doméstica.
    .
    Pelo Mundo, mais de 4,800 mulheres aprovam atacar seu parceiro e 2,000 admitiram empurrar, bater, estapear, jogar objetos e torcer os pelos dos braços do parceiro.
    .
    Fonte: http://news.bbc.co.uk/1/hi/scotland/glasgow_and_west/5092100.stm

    O que vocês tem a dizer sobre isso?

    • Caralho…Sério que todas as 200 mulheres que vivem nos arredores Glasgow falaram isso?

    • O que tenho a dizer: é que o senhor Raphael deveria rever seu inglês e não confiar em softwares de tradução duvidosos. Em nenhum momento da pesquisa foi dito que “Mulher APROVA VIOLÊNCIA contra homem” mas sim que “Survey finds male abuse approval (Pesquisa aponta aprovação de maltrato masculino)”, O que torna a interpretação do texto abrangente e á credibilidade do artigo duvidosa, pois tal maltrato pode partir de ambos os sexos, tanto da mulher sobre o homem, quanto do homem sobre o homem.
      Tal pesquisa aponta a aprovação não a pratica, aprovação e pratica são coisas distintas. O artigo apresentado se trata apenas de um índice estátisco, não podemos concluir nada de maneira cabal ou definitiva, podemos apenas levantar hipóteses, coisa que não foi feita pelo individuo Raphael que relatou tal índice, talvez pela inaptidão de compreender um artigo em inglês de nível intermediário com 16 parágrafos e 3645 caracteres.
      O que podemos exprimir a partir deste índice estatístico. “Of the 200 women, 60% said it was acceptable for women to hit their husbands while 35% admitted assaulting their partner.( das 200 mulheres 60% diz que é aceitavel que uma mulher agrida seus maridos em quanto 35% admite agressão a seu companheiro)” ou seja das 200 mulheres da universidade de Glasgow Calendonian, 38 assumem ter agredido seus parceiros, um numero pequeno se comparado numero de boletim de ocorrências de mulheres que são agredidas por seus companheiros. (http://www.jornalpontofinal.com.br/216/agressao-e-impunidade-o-retrato-da-mulher-brasileira.)
      Porem tal índice pode se alterar de acordo com a região pesquisada. As mulheres que se dispuseram há tal pesquisa, são da Universidade Glasgow Caledonian Escócia, um pais cujo índice de desenvolvimento humano é de 0,939. provavelmente estas mulheres possuem uma formação humana digna, e provavelmente são parceiras de um homem de igual formação humana, agora um homem que vive no sertão do nordeste que tem dificuldade para garantir a própria subsistência que carece de uma formação intelectual, teria a mesma tolerância que um homem escocês que estuda na Universidade de Glasgow Caledonian ?
      Infelizmente vivemos no Brasil 63º em desenvolvimento humano, que é o 6º mais desigual do mundo. Que tem a policia que mata 3 mil pessoas por ano, que segundo a unicef, tem 6 milhões de crianças vivendo em severa degradação das condições humanas.Que vende para o exterior propaganda falsa do país do carnaval e do futebol, vende seu ar afrodisíaco, suas belezas naturais, para que turistas venham fazer sexo com as crianças que se prostituem à luz do dia em cada esquina brasileira.
      Um sociólogo Alberto Carlos Almeida, escreveu um livro A Cabeça do Brasileiro este livro trata sobre a forma como o brasileiro pensa, neste livro continha um índice estatístico, neste índice opinaram universitários e analfabetos, e foi dada as seguintes questões: “você utiliza do jeitinho brasileiro para resolver problemas” 60% dos analfabetos já utilizaram tal via para resolver seus problemas contra 30% dos universitários, em seguida “se aprovam a violência policial” 50% dos analfabetos aprovaram contra 14% dos universitários. Um capítulo delicado do livro é o que trata da percepção dos brasileiros em relação à cor da pele. O autor pediu aos entrevistados que atribuíssem qualidades ou defeitos a homens brancos, negros e pardos retratados em fotografias. Aos brancos foram atribuídas mais qualidades positivas, como inteligência, honestidade e modos educados. Os negros ficaram em segundo lugar. Quanto aos pardos, além de ficar atrás no que se refere aos aspectos positivos, eles são mais relacionados a características negativas. Lamentavelmente grande parte da nossa sociedade brasileira é composta por analfabetos e pessoas de baixo nível escolar. E é esta parcela da sociedade, corrupta, intolerante e preconceituosa que elegem nossos representantes no senado.
      Infelizmente o Brasil tem sérios problemas em relação à educação. Entre eles os analfabetismos total, funcional e político, tais problemas se dá devido má administração do governo no setor. Estes governantes se aproveitam destes problemas para perpetua seu poder um exemplo é a dinastia Sarney no maranhão.
      Tal preconceito por parte dos analfabetos é compreensível. Mas preconceito por parte de FILHOS DE UMA PUTA!! Que se dizem universitários que degradam a figura da mulher á condição de um simples objeto reprodutor é inadmissível, pois estes ao degradarem a figura da mulher degradam também a vida e a condição humana. Estes FILHOS DE UMA PUTA!! são fascistas a escoria da sociedade perigo em potencial para vida e dignidade humana, pois são complacentes ao estupro, aborto e prostituição.
      Aos que defendem Machista com muito orgulho, este pensamento nada mais é do que fruto de uma “Crise Edipiana” esta em decorrência de um abuso sexual cometido por parte do pai ou da mãe durante a infância.

      • Só lhe digo uma coisa, senhor esquerdopata revoltadinho.

        Leia esse texto:

        http://nzmera.orconhosting.net.nz/p4dvlies.html

        Vamos tratar da questão em pauta. Existem outros fóruns para tratar dos outros assuntos que você citou, portanto, qualquer coisa que se desvincule do texto que deu início ao debate torna-se desnecessário.

        PS: Obrigado pelos elogios. É sempre bom saber que conseguimos despertar o ódio nas criaturas irracionais.rs

        • “Leia esse texto”

          Caro “Raphael” Quando se apresenta um texto para debate, se espera que o apresentador trabalhe com ele, eu não entendo por que você não se da ao trabalho, eu só tenho uma hipótese analfabetismo funcional, esta é a denominação dada à pessoa que, mesmo com a capacidade de decodificar minimamente as letras, geralmente frases, sentenças e textos curtos; e os números, não desenvolve a habilidade de interpretação de textos e de fazer as operações matemáticas. Porem como eu disse educação é um problema social. “Raphael” não utilize de fontes duvidosas de subterfúgio para sua ignorância.

          “Vamos tratar da questão em pauta. Existem outros fóruns para tratar dos outros assuntos que você citou, portanto, qualquer coisa que se desvincule do texto que deu início ao debate torna-se desnecessário.”
          Você tem dificuldade para compreender uma critica ? apenas analisei o tema abordado no debate de maneira abrangente. Serei sensível com seu analfabetismo e tentarei resumir á maneira como montei minha argumentação. primeiro peguei o tema do debate que é “o preconceito contra o sexo feminino”, depois concatenei com diversos tipos de preconceitos, e tentei justificar estes preconceitos a partir de um livro de Alberto Carlos Almeida, que esclarece que estes preconceitos se da devido à falta de estruturas educacionais, logo após montei um panorama de como o preconceito contribui para o atual estado de miséria do Brasil, comparando com a realidade da escócia já que era o país tratado no texto apresentado pelo senhor “Raphael” (http://www.jornalpontofinal.com.br/216/agressao-e-impunidade-o-retrato-da-mulher-brasileira.).

          “PS: Obrigado pelos elogios. É sempre bom saber que conseguimos despertar o ódio nas criaturas irracionais.rs”

          Senhor “Raphael” senhor encarou o FILHO DE UMA PUTA como elogio ? creio que o senhor deve ter uma imensa amargura pela sua progenitora, o que reforça meu argumento de que a manifestação do machismo é fruto de uma “Crise Edipiana” que se da devido á algum tipo de abuso sexual por parte dos pais durante a infância.
          Em nenhum momento o senhor conseguiu desperta meu ódio, você é apenas uma forma de entretenimento em uma noite entediante, você é uma pessoa adorável que me garantiu boas risadas com sua argumentação.

      • “Agora um homem que vive no sertão do nordeste que tem dificuldade para garantir a própria subsistência que carece de uma formação intelectual, teria a mesma tolerância que um homem escocês que estuda na Universidade de Glasgow Caledonian ?”

        Como se o Brasil resumisse ao Sertão.

        “Que se dizem universitários que degradam a figura da mulher á condição de um simples objeto reprodutor é inadmissível, pois estes ao degradarem a figura da mulher degradam também a vida e a condição humana. Estes FILHOS DE UMA PUTA!! são fascistas a escoria da sociedade perigo em potencial para vida e dignidade humana, pois são complacentes ao estupro, aborto e prostituição.”

        Sò um IDIOTA como vc para achar que um machista esclarecido é complacente com estupro e aborto. Machista são radicalmente contra o aborto e qualquer tipo de violência contra a mulher. Vai se informar antes de falar merda.

        “Aos que defendem Machista com muito orgulho, este pensamento nada mais é do que fruto de uma “Crise Edipiana” esta em decorrência de um abuso sexual cometido por parte do pai ou da mãe durante a infância.”

        É mesmo, dr. Freud? Então quero que vc faça o seguinte: PROVE que machismo é problema de Édipo. É ridículo caras como vc que ficam sem argumentos e partem para o ataque pessoal.

        • “Como se o Brasil resumisse ao Sertão.”
          Não o Brasil se resume a vários estados e vários fatores entre eles culturais, políticos geológicos, ecológicos econômicos e ambientais, retome as aulas básicas de geografia.

          “Sò um IDIOTA como vc para achar que um machista esclarecido é complacente com estupro e aborto. Machista são radicalmente contra o aborto e qualquer tipo de violência contra a mulher. Vai se informar antes de falar merda.”

          Felizmente eu sai do nível primário de achismo, e já estou no nível de levantar hipóteses e suposições, são contra o aborto mas são a favor que as mulheres sejam tratadas como objeto sexual, a violência pior que esta ?

          “É mesmo, dr. Freud? Então quero que vc faça o seguinte: PROVE que machismo é problema de Édipo. É ridículo caras como vc que ficam sem argumentos e partem para o ataque pessoal.”

          Você é incapaz de compreender a geografia brasileira, pensa que é capaz de compreender o pensamento freudiano?

          • “Não o Brasil se resume a vários estados e vários fatores entre eles culturais, políticos geológicos, ecológicos econômicos e ambientais, retome as aulas básicas de geografia.”

            Huau! Vc entendeu o meu chiste. Parabéns!

            “Felizmente eu sai do nível primário de achismo, e já estou no nível de levantar hipóteses e suposições, são contra o aborto mas são a favor que as mulheres sejam tratadas como objeto sexual, a violência pior que esta ?”

            Onde foi que alguém disse que mulheres devem ser tratadas como objetos sexuais?

            “Você é incapaz de compreender a geografia brasileira, pensa que é capaz de compreender o pensamento freudiano?”

            Mais falácia ad hominum. Vcs por aqui curtem mesmo esse lance, não?

            • “Huau! Vc entendeu o meu chiste. Parabéns!”

              não foi um chiste, apenas uma pergunta retórica de um imbecil que não sabe geografia básica do ensino médio.

              “Onde foi que alguém disse que mulheres devem ser tratadas como objetos sexuais?”

              Analise meu texto direito e me indique em que parte do texto eu digo que “disse que mulheres devem ser tratadas como objetos sexuais?” leia novamente com atenção.

              “Mais falácia ad hominum. Vcs por aqui curtem mesmo esse lance, não?”

              Se ao menos você soube-se o que significasse a terminologia Ad hominum, e não ficasse proferindo o que vê escrito em um blog qualquer, eu poderia iniciar uma discussão com você, o problema é que eu não gosto de bancar o professor de ensino médio, então fanfarrão tire sua bunda do computador, Leia um livro e aprenda por si mesmo.

      • É mais fácil isso partir de um “homem” feminista, que odeia tanta o próprio sexo. Se você foi estuprado pelo teu pai, tio, padrasto, procure uma ajuda e pare de dar chiliques.

        Você é tão estúpido que não sabe interpretar textos. Ninguém reduziu mulher alguma, apenas defendemos as diferenças. Desde quando ser contra o feminismo é ser contra os direitos humanos? Por acaso o movimento feminista recebeu o direito universal de defender a Humanidade. Cala a boca e volta pro colinha da mamãe, vai.

        • Não é isso não,volte ao começo dos posts,vcs reduziram a condição das mulheres,e só agora estão discutindo as diferenças…

        • “É mais fácil isso partir de um “homem” feminista, que odeia tanta o próprio sexo. Se você foi estuprado pelo teu pai, tio, padrasto, procure uma ajuda e pare de dar chiliques.”

          Eu não odeio o próprio sexo apenas aprecio o oposto com mais vigor. Eu compartilho do principio físico de que á cada ação há uma reação, o mesmo serve para conceitos subjetivos como amor e ódio, mesmo que seja difícil exprimir algum sentido concreto para tais conceitos. Eu sou apenas um ser humano que procura a gênese das causas. Nesta busca incessante tentei compreender a gênese do seu ódio pelo sexo oposto (feminino), o que me levou a suposição de abuso sexual infantil. Eu não odeio meu próprio sexo ao contrario estou mais que satisfeito, pois o meu sexo é o mais apropriado para usufruir do sexo oposto. Usufruir em todos os aspectos “físicos”, “metafísicos” , “Sentimentais”, “Carnais” “Objetivos” e “Subjetivos”.

          “Você é tão estúpido que não sabe interpretar textos. Ninguém reduziu mulher alguma, apenas defendemos as diferenças. Desde quando ser contra o feminismo é ser contra os direitos humanos? Por acaso o movimento feminista recebeu o direito universal de defender a Humanidade. Cala a boca e volta pro colinha da mamãe, vai.”

          Quem não entende de interpretação de texto é você, porem eu não interpretei texto algum neste debate, apenas li e apliquei minha critica. Eu concebo a mulher como parte do gênero humano, para esta espécie se perpetua como qualquer outra espécie é necessário que haja o ato de copula, ou seja, um sexo depende do outro para sua perpetuação, numa cadeia de causa e efeito, ora eu ponho a mulher na mesma condição do homem, à condição humana. Vejo ela capaz de exercer qualquer profissão em pé de igualdade que o homem. O papel da mulher não deve ser limitado apenas à função digna de dona casa ela é livre como qualquer ser humano para escolher. Ao reduzir a condição de equidade humana da mulher isto auferi danos à humanidade, pois esta é parte da causa que gerara o efeito, na falta de um ela terá que dar cargo de seus problemas sozinha. O direito humano não é direito universal apenas das mulheres mas de todos os humanos independentes da etnia, sexo, idade ou limitações, e cabe a todos que fazem parte deste gênero defenderem daqueles que o degradam.

          Voltarei agora para o colo da minha progenitora, uma pessoa que dedicou vida para a minha criação e formação como ser humano, ou das outras mulheres que me esperam de braços, pois eu as respeito e lhes dedico afeição, em conseqüência disto receberei um efeito de igual ou maior proporção.

  87. Vinicius, lê toda a notica:

    “O estudo com 6,500 mulheres em 36 universidades perguntou sobre violência doméstica.
    .
    Pelo Mundo, mais de 4,800 mulheres aprovam atacar seu parceiro e 2,000 admitiram empurrar, bater, estapear, jogar objetos e torcer os pelos dos braços do parceiro.”

  88. Mais um das humanas que não conhece o conceito de taxonomia.

  89. Cesar:

    “ah e teve um outro cara ai que disse para lermos genetica e talz e o comportamento animal”

    Se você não sabe, a semelhança de genética entre nós e um chimpanzé é de 99,4%. Isso é provado cientificamente e se mesmo assim, você não se convencer de que somos animais, então não perderei mais tempo falando sobre isso com você.
    Me diz uma coisa? Você come? Trepa? Vai no bahheiro fazer “xixi” e “cocô”? Quando se corta, sente dor e sangra? Hum, sinto muito em te dizer, mas você é um ANIMAL.

    Você fala que somos previsíveis, mas tem coisa mais previsível do que discutir com homem feminista metido a libertário e paga pau de Marx? O papo é sempre o mesmo “Isso é cultural, foi o Homem quem inventou.” Então, me diga, e antes do Homem inventar os costumes, nós vivíamos baseados em quê?
    É claro que somos influenciados pelo meio, que carregamos valores passados pelas nossas famílias e que temos vários condicionamentos, mas não podemos ignorar que temos uma personalidade pré-definida. Por exemplo, porque de vários meninos criados numa favela, pobres, desnutridos, discriminados pela sociedade e sem pai, alguns viram traficantes e outros, pelo contrário, arriscam suas vidas tentando afastar meninos do crime com projetos de música e esportes? Fazem isso sem esperar retorno financeiro e ainda são ameaçados de morte pelos traficantes aliciadores de menor. Vai me dizer que não há nestas pessoas uma tendência a ser de uma maneira ou de outra? Por que será que quando se fala em homossexualismo, os defensores sempre dizem que é natural, que não se nasce assim, que isso não é uma escolha e mimimi?

    Não é porque somos racionais, que não existam instintos que nos influenciam. Da mesma maneira, os animais também tem algum tipo de racionalidade, mesmo que bem pequena. Para quem se acha muito esperto, caiu no senso comum ao separar homens e (demais) animais em “racionais” e “irracionais”. Como pode ser a sociedade patriarcal puramente cultural se aqui, na América pré-colombiana, a sociedade era em moldes bem parecidos com a de civilizações da Ásia, Europa e África? Uma sociedade que evoluiu por milhares de anos isolada das outras. Mesmo assim, aqui víamos um homem como chefe absoluto de seu povo, as melhores mulheres a seus pés, uma classe de guerreiros, o sacrifício de donzelas, uma típica sociedade patriarcal, onde homens e mulheres desempenhavam papéis próximos aos “estereótipos” machistas da nossa sociedade.

    Você e o seu miguxinho falam da importância do feminismo, para libertar as mulheres que são oprimidas e tal… me diga, já viu em algum livro de História um povo oprimido viver mais do que o opressor? Aposentar (nem isso existia, pra falar a verdade) mais cedo? Ter leis especiais feitas pelo próprio opressor para coibir a violência deste para com o oprimido? Um grupo oprimido que é maioria nas universidades, que desfruta de regalias trabalhistas, que tem mais dinheiro investido pelo Estado em campanhas e tratamentos de saúde? Por acaso, você já viu alguma campanha do Governo, com direito a camiseta e artista da “Grobo” pela saúde masculina?

    Não sei se reparou ou não quer reparar, mas o feminismo não quer igualdade, mas sim, privilégios. Observe, estão sempre reclamando que o número de mulheres em cargos de chefia é muito pequeno e que não tem muitas na política brasileira. Assim como homens são maioria nos mais altos cargos deste país, também são maioria esmagadora nos serviços mais sujos, perigosos e degradantes que existem. Por que será que nenhuma feministas fala para as mulheres buscarem estes trabalhos? Por que será que onde a tecnologia é atrasada e os serviços são, em sua maioria, braçais, não existe revolução feminista? Porque que será que nenhuma mulher de estivador ou de mineiro (que trabalha em mina) reclama de lavar as cuecas do marido e de cuidar da casa? Feminismo é pura frescurada de madame. Se grande parte das mulheres são pobres e oprimidas, grande parte dos homens também o são. Isso é um problema social, ta mais ligado à péssima distribuição de renda, do descaso do Estado com a educação e segurança do nosso povo do que com guerrinha entre os sexos.

  90. Ainda nos livros de História, você verá um mundo desbravado pelos homens. Passavam meses ou anos fora, buscando terras férteis. Quando encontravam, travavam guerras (não vamos entrar em questões morais agora) para garantir o chão, depois limpavam o terreno, cortavam madeira, arrastavam por km, abriam estradas, faziam casas, domesticavam as feras, aravam a terra e depois cultivavam. Bom, depois deste tempo, se desse certo, o cara mandava buscar a família. Não digo que mulher de colono não trabalhava, pois trabalhava duro também; mas em comparação ao homem, a mulher pegava só a “papinha”. E você acha que esses homens não sofriam, não eram “oprimidos”? Esparta. Agora, como o filme (baseado nos quadrinhos de Frank Miller, que tenho há 10 anos), popularizou bem o modo de vida deles. Logo ao nascer, o menino era examinado, se tivesse defeito, era “descartado” = Morto! No Japão feudal, o treinamento de um samurai era igualmente espartano. Muita disciplina, privações; assim como os monges shaolin, na China. E você acha que eles faziam isso por diversão ou porque eram “homens maus que adoravam guerrar”?

    Negar o feminismo e criticá-lo não é negar a opressão contra as mulheres, é não aceitar que somente mulheres tem um histórico de sofrimento. É negar a calúnia de que todos os homens são estupradores em potencial, que sempre tivemos mais liberdade e privilégios, como se a nossa vida fosse fácil. Mas também é negar que o patriarcado é ruim por nos impor todas estas regras. Apesar de duras, não se alcança a Glória sem sacrifício e sofrimento. Você já viu alguém ficar rico (dignamente) sem trabalhar?

    Ninguém aqui ta dizendo que as mulheres não devam ter seus direitos. Os direitos existem, são garantidos pelo Estado e não me oponho a eles. O direito de ser dono de seu próprio corpo (feto não é parte do corpo da mulher), de suas escolhas, do seu dinheiro. Mas não é porque somos donos de nossas vidas, que podemos sair por aí fazendo o que queremos. Isso é uma atitude de adolescente que acabou de fazer 18 anos e agora saí por aí no carro do papai “abalando”. Muitas mulheres estão agindo desta maneira, tentando copiar os homens (nos seus piores defeitos) e ainda querem ser aceitas por isso. Elas já tem o direito, mas não esperem aprovações por isso. Onde está o nosso direito de reprovar o comportamento destas mulheres? Se você gosta de mulher que fuma, que usa roupas curtas, que tem vários amigos homens, que tem filho de outro, problema é seu. Mas tem homem que passa longe deste tipo de mulher, a maioria (apesar de só uma minoria ter coragem de dizer isso) e nós não queremos ser incomodados por isso.

    Ao invés de você e o teu amigo se preocuparem tanto assim como os problemas das mulheres, porque não olham um pouco para os homens também. Você são homens, não? Veja a sociedade como um todo, os nossos sofrimentos, as nossas diferenças, a importância delas e como elas se complementam. E reflitam se as mulheres querem realmente essa igualdade que tanto pregam. Será que estão dispostas a pegar em armas e lutar numa guerra, para que nós, homens, possamos ficar cuidando dos nossos bebês? Será que elas gostam de ser abandonadas pelo namorado 11 horas da noite, no meio da chuva, para terem de voltar para casa sozinhas? Será que mulher gosta de ver seu namorado chorar por qualquer coisa? Será que ela acha bonito ver ele chorar porque o pen drive travou no dia de apresentação de seminário, ou por ter sido esculachado pelo professor ou porque tomou bronca do chefe? Mulheres fazem tudo isso. Duvido que uma reação machista, do tipo, “Vai te catar” – sai batendo a porta, pro chefe mala vai ser pior do que ficar quietinho e chorar no canto, falando “Ai, ele num precisava falar assim comigo…” – enxuga lágrima.

    Querendo ou não, a verdade é que se não fossem estes machões que vocês tanto odeiam, não estariam aqui. Somos filho do machismo, dos antigos guerreiros e caçadores. Homens fracos, merdinhas, sensíveis, afeminados, estes não sobreviveram para passar seus genes. O mundo pode ter mudado, mas tem coisa que nunca vai mudar. Os mais fortes sempre irão triunfar. Hoje já não manda mais a força física, mas a força do espírito, do caráter; e mulher nenhuma gosta de homens que sejam fracos em seu modo de agir, que sejam manipulados/manipuláveis, sensíveis, chorões, submissos, inexperientes, inconformados e tímidos. E um homem forte jamais vai deixar para trás seus antigos valores por novos valores criados um bando de mulheres mal comidas. Onde já se viu, uma mulher dizer a um homem como ele deve ser?

    • Lobo,na boa prefiro discutir com seus amigos,que demonstram um pouco mais de racionalidade,e já passaram desse tipo de argumento faz tempo…

      • “Lobo,na boa prefiro discutir com seus amigos,que demonstram um pouco mais de racionalidade,e já passaram desse tipo de argumento faz tempo…”

        A verdade é que você não consegue encontrar argumentos para refutar as minhas idéias e tenta sair por cima com esse comentário pesudo-inteligente.

    • Sei que esse texto é pra outro refutar, mas esse é argumento geral:

      “Ainda nos livros de História, você verá um mundo desbravado pelos homens. Passavam meses ou anos fora, buscando terras férteis. Quando encontravam, travavam guerras (não vamos entrar em questões morais agora) para garantir o chão, depois limpavam o terreno, cortavam madeira, arrastavam por km, abriam estradas, faziam casas, domesticavam as feras, aravam a terra e depois cultivavam. Bom, depois deste tempo, se desse certo, o cara mandava buscar a família. Não digo que mulher de colono não trabalhava, pois trabalhava duro também; mas em comparação ao homem, a mulher pegava só a “papinha”. E você acha que esses homens não sofriam, não eram “oprimidos”? Esparta. Agora, como o filme (baseado nos quadrinhos de Frank Miller, que tenho há 10 anos), popularizou bem o modo de vida deles. Logo ao nascer, o menino era examinado, se tivesse defeito, era “descartado” = Morto! No Japão feudal, o treinamento de um samurai era igualmente espartano. Muita disciplina, privações; assim como os monges shaolin, na China. E você acha que eles faziam isso por diversão ou porque eram “homens maus que adoravam guerrar”?”

      Porra, quando a merda da cabecinha de vocês vai perceber que isso é consequência da dominação masculino sobre o sexo feminino de maneira material e cultural?

      Todos esses “esforços braçais” eram e são consequência do início do patriarcado e da propriedade privada.

      Mas que merda, adoram falar que “homens se sacrificavam na guerra” mas só vêem do nariz pra frente. Que tal pegar a porra do livro de história?

      • “Porra, quando a merda da cabecinha de vocês vai perceber que isso é consequência da dominação masculino sobre o sexo feminino de maneira material e cultural?”

        O único que precisa pegar um livro de história aqui é vc. Colocar a guerra numa perspectiva de gênero é uma idiotice. Homens não fazem guerra para provar que são “machos”, fazem por razões políticas(necessidade de recursos naturais, por ex).

        “Todos esses “esforços braçais” eram e são consequência do início do patriarcado e da propriedade privada.”

        Me poupe desse embuste da dupla Marx-Engels. A teoria seria linda se não fosse o fato de que estudiosos da antropologia provaram que ela é falsa, a maioria destas sociedade “matriarcais” que serviram de base para engels não era como ele descreviam, as pesquisas arqueológicas demonstraram que elas tinham propriedade privada e punição para coisas como roubo.

  91. E onde já se viu, um homem dizer a uma mulher como ela deve ser?… kkkkkkkkkkkkkkkkkk… Ataque os argumentos, não o argumentador… Se o machista ataca o argumentador pooooode, se alguém fala da figura ridícula deles eles choram, mimimimimim…

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Engraçado, na concepção deles feministas são mulheres mal comidas. Mas no orkut, a maioria q vejo é heterossexual, casada, tem filhos ou tem namorado e participa de comunidades em prol de direitos humanos e não somente das mulheres. E não se esconde atrás de fake.

    Já os machistas que estão aqui participam de 5, 6 comunidades do orkut em que dedicam todo o tempo chorando que as mulheres querem canalhas, cafajestes, machos alphas e que eles não conseguem ser assim… Ô dó… rsrsrsrs

    Hum, partindo da mesma premissa então seriam esses machistas misóginos mal comidos? Analisando seriamente os dois casos, quem tá constantemente reclamando que tão em falta e com inveja de quem não tá são eles… Por outro lado nenhuma reclamação das feministas a respeito de suas vidas afetivo-sexuais.

    Aliás, o grau de evolução deles é tão evidente que a maior polêmica da comunidade deles parece ser: Afinal, mulher gosta ou não de sexo??? Volta e meia o mistério volta a rondar a comunidade…

    Hum, alguém dá uma dica pra eles por favor, pra comunidade deles parar de ser a que é mais motivo de piada de todo orkut… Um amigo meu saiu de lá e até exclui o orkut de vergonha de tanto que zoaram da cara dele…

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  92. q debate mais besta! tanto o homem quanto a mulher sofreram opressões no passado; enquanto as mulheres eram obrigadas a casar e ter uma penca de filhos, os homens eram jogados a força nos campos de batalha
    nenhum dos lados tiveram privilégios se liguem!

  93. “Lobo,na boa prefiro discutir com seus amigos,que demonstram um pouco mais de racionalidade,e já passaram desse tipo de argumento faz tempo…”

    A verdade é que você não consegue encontrar argumentos para refutar as minhas idéias e tenta sair por cima com esse comentário pesudo-inteligente.

    • Entenda como vc quiser…
      o fato é que os seus amigos já passaram desse tipo de comentario imbecil,leia oq eles escreveram…o seu texto não passou de uma simples fúria pessoal.Choramingas do caralho,e não venha com esse papo de ataque pessoal de novo!

  94. “q debate mais besta! tanto o homem quanto a mulher sofreram opressões no passado; enquanto as mulheres eram obrigadas a casar e ter uma penca de filhos, os homens eram jogados a força nos campos de batalha
    nenhum dos lados tiveram privilégios se liguem!”

    É o que estamos tentando explicar para esses babacas.

    • Você sabe muito bem que não é essa a sua luta
      “Onde já se viu, uma mulher dizer a um homem como ele deve ser?”
      esse foi um dos seus ultimos comentarios,vc só fala de igualdade agora,aliás nem foi vc que falou de igualdade,foi um amigo seu,que também demorou para falar de igualdade e se perdeu em seus argumentos…

  95. Não percam mais tempo discutindo com esse César. Dirigi-lhe um texto enorme, explicando-lhes vários pontos e ele simplesmente declinou por pura incapacidade de compeensão. provou que é um mané mesmo e tenta sair dessa como se fosse muito esperto.

    • Ficou chateado por eu não ter dado atenção ao texto que vc escreveu com tanto carinho né..

      • Não, eu sabia que você não responderia. Já esperava uma respostinha do tipo “nem li seu texto, muito bobinho…”. na verdade, joguei a armadilha e você caiu nela. Agora provou para todos aqui que é um imbecil. o que tinha de dizer, eu disse naquela postagem.A partir de agora, vou ficar apenas lendo os comentários (podendo dar uma ou outra palavrinha) e vendo até aonde vai o mimimi libertário que vocês devem ter visto em algum filme francês “cult”, que só passa de madrugada na TV Cultura.

        • hahhahahahha
          faça oq quiser,olha seu amigo Raphael(ai embaixo),ai leia o seu…

          “o que tinha de dizer, eu disse naquela postagem.”ou seja,falou,falou e não disse nada!

          esses filmes são muito bons vc também curte?

  96. Ao pobre e risível John Hendrix:

    Gostaria muito que você desse uma lida nesses dados:

    SAÚDE!
    Se homem ficar doente, como um homem é esperado tratamento de segunda classe no serviços de saúde que são majoritariamente pagos por eles mesmos (79% do imposto de renda coletado pelo governo é pago por homens). O serviço de saúde gasta 10 vezes mais em cânceres ocorridos apenas em mulheres. O mesmo vale pra pesquisa. Então você homem pode morrer por doenças evitáveis porque o governo só se importa com o câncer delas. O governo irá argumentar que tem recursos limitados. Mulheres são rotineiramente examinadas (sem cobrança) por câncer de mama e cervical.

    Câncer de próstata (que só ocorre em homem) é mais comum que câncer de mama (1 em 6 homens tem) e ainda sim não há exame de graça. Milhares de homens morrem de câncer de próstata. Porque isso? Não poderia ser porque estas mortes evitáveis são de homens? O mesmo vale pra câncer testicular… de novo, não há exame de graça. Homens são apenas 15% de todas as visitas nos postos de saúde. Isso é porque as mulheres vão devido programas de rastreio (especiais) e planejamento familiar enquanto os homens só vão se estão doentes. Muitas doenças são apenas tratáveis se o paciente é diagnosticado antes dos sintomas se tornarem aparentes, e então, muitos homens morrem por doenças facilmente evitáveis se apenas programas especiais estivessem disponíveis que por sua vez deveriam ser de graça.

    Feministas constantemente referem-se ás sufragistas (que lutaram pelo direito de voto na democracia). Elas também afirmam que as mulheres tiveram que lutar pra conseguir votar. O que elas não te contam é que os homens só conseguiram o voto 10 anos ANTES das mulheres. Homens adultos receberam o direito de voto em 1918 e as mulheres em 1928. É só um período de 10 anos. A maioria das pessoas não sabem que os homens que morreram nas trincheiras da primeira guerra mundial não podiam nem votar. Até 1918 apenas homens que tinha propriedade podiam votar. Isto significa que votar era domínio das classes média e alta e a maioria dos homens não tinham voz no voto.

    Diferenças de tratamento por parte do Estado
    Tribunais de todo o mundo privilegiam as mulheres quando há disputas pela guarda dos filhos de casais separados. Os masculinistas preconizam o uso de critérios mais igualitários e a adoção, sempre que possível, da guarda compartilhada. [3]
    Há leis específicas que tomam conta das necessidades femininas sem levar em conta necessidas correspondentes masculinas. Os masculinistas esperam que haja políticas públicas masculinas também. [4]
    Preconceito contra homens no sistema judiciário, que recebem penas mais longas pelos mesmos tipos de crimes.
    Diversos países condenam à cadeia os homens que não têm condições de cuidar economicamente dos próprios filhos [5]. A mesma medida não é tomada relativamente às mulheres. (nota: sei que aí citamos outros países, nao concordo com isso, mass)
    Em alguns estados estadunidenses as mulheres podem se casar com idade menor que os homens.[6] Também há estados onde é ilegal existir escolas femininas, mas não masculinas.

    Educação
    Existe a preocupação de que em algumas universidades os programas de estudo de gênero se ocupam mais de ensinar ideologia feminista que igualdade de gênero. O conteúdo destes cursos varia, e alguns inclusive tratam de temas masculinos, mas os masculinistas temem que muitos destes cursos ensinem o ódio contra os homens. Há feministas que sustentam que discutir temas masculinos é redundante, pois através da história a academia sempre esteve focada na masculinidade. Os que apoiam tais ementas alegam, porém que todos os temas a elas relativos são atuais e exigem discussão: divórcio, homossexualidade masculina, masculinidade, paternidade ou saúde masculina.

    Você encontra mais em: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=3655629&tid=5408775989570639892&na=3&nst=21&nid=3655629-5408775989570639892-5409469760059342649

    O interessante é que isso foi postado por uma mulher. ELa é uma machista cega? Será?huauhauha

    Ah, e diga as criaturas que lhe trouxeram ao mundo, que me divirto rebatendo os argumentos patéticos do sub-produto gerado por eles, ou seja, você.

    PS: É óbvio que você ficou irritado, o xingamento, ainda mais escrito em caps lock, demonstra necessidade de aparecer, querer ser notado, mosrar que está com ódio.

    Portanto, morra de raiva.

    Loser.rs

    • Bem!!! você fez um recorte do recorte do recorte!!! o que torna os dados duvidosos e a sua critica falaz. tentarei aplicar uma critica algo que você deveria treinar.

      “Se homem ficar doente, como um homem é esperado tratamento de segunda classe no serviços de saúde que são majoritariamente pagos por eles mesmos.”

      A tentativa de uma critica. Se o dinheiro que os homens gastam é o equivalente ao tratamento que recebe nada mais justo. Problema é quando ocorre o reverso, o serviço prestado pelo estado for desproporcional em relação ao imposto arrecado.

      “(79% do imposto de renda coletado pelo governo é pago por homens). O serviço de saúde gasta 10 vezes mais em cânceres ocorridos apenas em mulheres. O mesmo vale pra pesquisa.”

      Da onde foi retirada esta pesquisa de um blog do orkut, é o que me parece, partindo de suas referencias bibliográficas anteriores parece-me que seu universo se limita à tv e computador. Um dado distorcido provavelmente criado pela sua imaginação ou retirado de algum site de noticias comercial ou de um blog qualquer.

      “Então você homem pode morrer por doenças evitáveis porque o governo só se importa com o câncer delas.”

      Se o governo apenas se preocupa com o câncer “delas”. é o estado cumprindo suas obrigações, mas uma causa que você não trabalhou na sua argumentação, é ,por que o homem não vai fazer rotineiramente o exame de câncer de próstata ? será apenas pela pseudo-precariedade ao qual você alega do serviço prestado pelo governo ?

      “O governo irá argumentar que tem recursos limitados.”

      Ilimitado que não é! na verdade o Brasil tem recursos e riquezas em abundancia o problema é que são mal distribuídos e mal administrados. O dinheiro arrecada pelo governo pode cuidar da saúde ambos o sexo com folga.

      “Mulheres são rotineiramente examinadas (sem cobrança) por câncer de mama e cervical.”

      Mulheres cuidando da própria saúde! São mulheres cumprindo com seu dever de cidadão e ser humano. agora retorno à pergunta por que o homem não vai fazer o exame de próstata rotineiramente ?

      “Câncer de próstata (que só ocorre em homem)”

      Sim uma afirmação tanto quanto obvia mas retomemos o que é a próstata, caso você não saiba? e para o leitor poder compreender o por que ela não ocorre nas mulheres: A próstata um órgão exclusivo do sexo masculino Está localizada abaixo da bexiga, na frente do reto. No homem adulto, a próstata tem o tamanho aproximado de uma ameixa, pesando cerca de 20 gramas. Ela envolve a uretra, que conduz para fora a urina que se acumula na bexiga.

      “é mais comum que câncer de mama (1 em 6 homens tem)”

      Um tanto quanto incoerente e confusa tanto em aspecto verbal e nominal : o que da margem a diversas interpretação . Você esta relacionando o câncer de mama a mulher ou ao homem por que você coloca entre parênteses a pseudo-informação “1 em 6 homens tem” após a referencia ao 1 em 6 homens tem, o que me leva a entender que o homem também tem câncer de mama.

      Se caso for esta afirmação que você tenta expressar, tentarei fazer uma critica. O câncer apesar de ocorrer com freqüência na mulher ele ocorre raramente no homem, “o câncer de mama em homens, é uma neoplasia maligna ainda pouco estudada, porém quando diagnosticada causa grande impacto sobre o paciente devido ao preconceito e falta de informação. O câncer de mama atinge 1 homem em cada 100 mulheres, porém a ocorrência desta neoplasia tende a aumentar devido a má qualidade de vida e dificuldade em diagnosticar o tumor na sua fase inicial, que pode ser confundido com outras doenças como a ginecomastia. O tratamento do câncer de mama em homens é semelhante ao das mulheres e de acordo com o estádio da neoplasia podem ser sugeridos a hormonioterapia aditiva, quimioterapia, radioterapia e em último caso a mastectomia, adrenalectomia, hipofisectomia ou castração. Observou-se nos últimos anos que não houve redução nas taxas de mortalidade por câncer de mama masculina no Brasil. A maior ocorrência desta neoplasia foi nos estados do sul do país, destacando-se o Rio Grande do Sul. Dentre os continentes, a Ásia supera os demais enquanto que a América do Sul e Central apresentam os menores índices. O segundo principal tipo de câncer que acomete a população brasileira é o de mama, o primeiro é o câncer de pele não melanoma. A prevenção e o diagnóstico correto e no início do tumor são os melhores aliados do paciente que possui esta neoplasia.”

      O câncer de mama é raro no homem o que dificulta sua identificação, esta incidência e negligencia em relação à doença se da devido à freqüência com que ela ocorre “1 homem em cada 100 mulheres” , por esta ser rara o governo da saúde acha um inconveniente gastar recursos com tal doença, que ao meu ver é uma falta de humanidade (palavra em desuso pelos debatentes deste blog) pois mesmo que este seja um índice pequeno, este índice se trata de uma vida e está merece o cuidado necessário. E o que garante que este índice não aumente no futuro. Que para mim deve ser maior, pois os homens ocultam tal doença por esta ser considerada uma doença feminina ou seja, a homens que morrem por machismo. Mas este é uma das varias doenças ao qual o governo banaliza como a “Leishmaniose mucocutânea” de incidência rara porem nela a um forte potencial epidêmico devido esta ser provocada pelos protozoários do gênero Leishmania, transmitida ao homem pela picada de mosquitos “flebotomíneos”, o que garante que estes mosquitos migrem e se adaptem as diversas regiões do Brasil.

      No segundo caso se eliminarmos todos os parênteses, vejo uma tentativa de fazer uma comparação da incidência do câncer de próstata com o câncer de mama. Este câncer de próstata que ocorre com mais freqüência que o câncer de mama.

      Primeiro temos que entender a gênese que leva esta alta incidência do câncer de próstata sobre o câncer de mama. Por que o homem não tem a mesma disposição de fazer o exame de próstata que a mulher tem em fazer o câncer, pelo fato do método rústico utilizado para identificação do câncer de próstata, o homem por preocupar-se com que sua sanidade física e moral seja violada não presta o exame de próstata, o que contribui para sua expansão.

      “e ainda sim não há exame de graça.”

      Lamentável pagar para receber uma dedada no meio do orifício retal, deve ser “Foda” no sentido literal e coloquial da palavra.

      “Milhares de homens morrem de câncer de próstata. Porque isso?”

      acabo de fazer minha critica analise do fato apresentado no qual se refere ao câncer de próstata, retorno esta pergunta para você, espero que o você retorne com uma critica não com um emaranhado de recortes, mal feitos.

      “Não poderia ser porque estas mortes evitáveis são de homens?”

      Claro pelo fato de o homem ser único por possuir próstata explicado anteriormente.

      “O mesmo vale pra câncer testicular… de novo, não há exame de graça.”

      Não sei como é feito o exame testicular mas se for igual o de próstata, utilizo o mesmo argumento anterior.

      “Homens são apenas 15% de todas as visitas nos postos de saúde.”

      Fazer exame de próstata não deve ser o passatempo favorito de um homem com todas suas faculdades mentais em ordem.

      “Isso é porque as mulheres vão devido programas de rastreio (especiais) e planejamento familiar enquanto os homens só vão se estão doentes.”

      Não sei como funcionam estes programas de rastreio mais eu suponho que tal programa de rastreamento funcione de tal maneira, um funcionário de um hospital entra em contato com a mulher que não esta com seus exames em dia.

      Eu não sei nada sobre seus gostos em relação a fetiches sexuais? mais eu me sentiria desconfortável se algum medico fosse me buscar para fazer exame de próstata. Mas como diz um velho filosofo “cada cabeça uma sentença, cada qual abunda em opiniões, não há menos diferenças em cérebros do que em gostos”

      “Muitas doenças são apenas tratáveis se o paciente é diagnosticado antes dos sintomas se tornarem aparentes, e então, muitos homens morrem por doenças facilmente evitáveis se apenas programas especiais estivessem disponíveis que por sua vez deveriam ser de graça.”

      Já que sua indignação e tão grande pelo exame de próstata não ser gratuito se junte com seus amiguinhos machistas na frente do senado ou em algum lugar profícuo para manifestações, e reivindique o direito de exame de próstata gratuito, tenho certeza que seus amiguinhos “machos” se sentiram super motivados a tal manifestação.

      Agora eu fico imaginando a cena hilária que seria uma par de homem reivindicando exame de próstata! você no carro de som, na frente do senado proferindo palavras em defesa do exame de próstata gratuito: “companheiros temos o direito à dedada no cu pois nois somos machos e soberanos” ou as placas dos manifestantes: “ doutor por favor me da dedada” “direito a dedada de graça”ou todo mundo gritando “experimenta!! experimenta!!”” tudo isto sendo transmitido em cadeia internacional pela CNN.

      PS: rs. com certeza esta deve ser uma causa que todo macho gostaria de defender.

      “Feministas constantemente referem-se ás sufragistas (que lutaram pelo direito de voto na democracia). Elas também afirmam que as mulheres tiveram que lutar pra conseguir votar. O que elas não te contam é que os homens só conseguiram o voto 10 anos ANTES das mulheres. Homens adultos receberam o direito de voto em 1918 e as mulheres em 1928. É só um período de 10 anos. A maioria das pessoas não sabem que os homens que morreram nas trincheiras da primeira guerra mundial não podiam nem votar. Até 1918 apenas homens que tinha propriedade podiam votar. Isto significa que votar era domínio das classes média e alta e a maioria dos homens não tinham voz no voto.” (http://silviokoerich.blogspot.com/2009/09/veja-como-as-feministas-estao.html) paragrafo 10.

      Recorte mal feito sem concatenação nenhuma com os parágrafos anterior, mas eu compreendo seu problema, isto é devido a seu analfabetismo funcional e inaptidão para escrever uma critica. Criticarei este argumento na frente do autor com meus próprios argumentos não me esconderei atrás de argumentos alheios.

      “Tribunais de todo o mundo privilegiam as mulheres quando há disputas pela guarda dos filhos de casais separados. Os masculinistas preconizam o uso de critérios mais igualitários e a adoção, sempre que possível, da guarda compartilhada. [3]
      Há leis específicas que tomam conta das necessidades femininas sem levar em conta necessidas correspondentes masculinas. Os masculinistas esperam que haja políticas públicas masculinas também. [4]
      Preconceito contra homens no sistema judiciário, que recebem penas mais longas pelos mesmos tipos de crimes.
      Diversos países condenam à cadeia os homens que não têm condições de cuidar economicamente dos próprios filhos [5]. A mesma medida não é tomada relativamente às mulheres. (nota: sei que aí citamos outros países, nao concordo com isso, mass)
      Em alguns estados estadunidenses as mulheres podem se casar com idade menor que os homens.[6] Também há estados onde é ilegal existir escolas femininas, mas não masculinas.”

      “Existe a preocupação de que em algumas universidades os programas de estudo de gênero se ocupam mais de ensinar ideologia feminista que igualdade de gênero. O conteúdo destes cursos varia, e alguns inclusive tratam de temas masculinos, mas os masculinistas temem que muitos destes cursos ensinem o ódio contra os homens. Há feministas que sustentam que discutir temas masculinos é redundante, pois através da história a academia sempre esteve focada na masculinidade. Os que apoiam tais ementas alegam, porém que todos os temas a elas relativos são atuais e exigem discussão: divórcio, homossexualidade masculina, masculinidade, paternidade ou saúde masculina.”

      Hahuahauaaa!!!Aew!! “machão” agora se escondendo atrás de uma mulher cade o sexo frágil agora? uma critica de uma mulher é sempre bem aceita, ela mostra bem mais capacidade de montar uma critica e expor seu ponto de vista do que você “machão”.

      “O interessante é que isso foi postado por uma mulher. ELa é uma machista cega? Será?huauhauha”

      “ELa é uma machista cega?” Não! Jamais! Sim uma pessoa digna de caráter! que não se coloca como indiferente ao sexo oposto. se vê como igual. sabe a interdependência que o sexo masculino mantêm com o feminino assim como o feminino mantêm com o masculino para sua perpetuação. ela não se vê em nenhum momento como mulher na sociedade mas como ser humano. ela não propaga ódio ao sexo oposto como você. Ela propõe igualdade entre os seres humanos. Uma garota bela tanto quanto essência quanto aparência.

      “PS: É óbvio que você ficou irritado, o xingamento, ainda mais escrito em caps lock, demonstra necessidade de aparecer, querer ser notado, mosrar que está com ódio.”

      Você é um ser preenchido com preconceitos, estes que formam o seu caráter e a sua razão de existência. Isto é devido a sua impotência de lidar com problemas, você é um nada sem capacitação para concretizar seus projetos de felicidade. Assim volta seu ódio a alguém ou alguma coisa. Uma pessoa reprimida sem contato social, que focalizou todo este rancor à figura da mulher, o ser que você jamais poderá usufruir, em todos os aspectos dos “objetivos” aos “subjetivos”. Preconceitos desaparecem a aplicação da razão, pois esta tem efeito libertador das idéias inadequadas formada pela imaginação. Por isto o papel da educação é importante, para livrar o ser humano de idéias tolas como hegemonia sexual, racial ou religiosa. No caso do nosso amigo “raphael” isto ficou explicito pois ele é um individuo que mal sabe escrever é um analfabeto funcional, a importância da alfabetização é que ela nos ajuda a se expressar, ao nos expressarmos exprimimos a nossa essência com isto sentimos a nossa existência.faço uma reformulação do penso logo existo para escrevo logo existo. No caso do “raphael” ele é um nada pois não sabe escrever é um analfabeto, educação é um direito do cidadão.

      Sobre O “FILHO DE UMA PUTA” utilizado em letras maiúsculas em post anterior. Pequeno “raphael” o senhor tem vários preconceitos entre eles o lingüístico, que mal há utilizar de palavras de baixo calão, dependendo como o palavrão é colocado ele pode ser considerado poesia, infelizmente eu não tenho mesma habilidade que Chico Buarque de Holanda tem para expressar seu amor pelas mulheres, não sei expressar o amor com palavras, mas o ódio este é fácil é só ofender a figura que colocamos(ou pelo menos colocávamos) no pedestal mais alto a mãe, pois é uma ofensa direta a primeira experiência afetiva a qual experimentamos, é edipiano porem é um assunto a ser discutido em ambiente acadêmico. O termo “FILHO DE UMA PUTA” foi utilizado para causar indignação ao leitor, com objetivo de fazer com uma auto inferência ao termo “mãe” “puta” e “mulher” colocando as convicções em relação ao machismo em duvida, objetivo concretizado devido às ofensas recebidas como “esquerdopata” “IDIOTA” “sub-produto” “Loser.rs” , em nenhum momento eu lhe ofendi, você apenas fez auto inferência qual eu pretendia. Fiz você tomar consciência do seu próprio discurso e de suas contradições internas, descobrindo que nada sabe, te distanciando em relação a si mesmo desdobrando-se uma parte de si mesmo identificando-se, de agora em diante comigo.

      “Portanto, morra de raiva.”

      Eu to morrendo de dar rissada!HUAHUAAHAHAHUAAAAAHAHAAAAAAAAAHAHAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!

      • “Da onde foi retirada esta pesquisa de um blog do orkut, é o que me parece, partindo de suas referencias bibliográficas anteriores parece-me que seu universo se limita à tv e computador. Um dado distorcido provavelmente criado pela sua imaginação ou retirado de algum site de noticias comercial ou de um blog qualquer.”

        Duas coisas: segundo vc blogs não são fontes confiáveis, então isso significa que este blog está cheio de abobrinhas(o que de fato está). Segundo, se vc tivesse lido com atenção saberia que as informações não são de blog, foram retirados do http://www.portaldafamilia.org(um cara esperto como vc deve saber o que é um http://www.org)

        “Mulheres cuidando da própria saúde! São mulheres cumprindo com seu dever de cidadão e ser humano. agora retorno à pergunta por que o homem não vai fazer o exame de próstata rotineiramente ?”

        É simples, ô Sherlock Holmes. Mulheres são incentivadas a cuidar da saúde mais que homens. Tem toda hora dezenas de propaganda na TV conscientizando mulheres a fazer exames de câncer de mama, agora me diga quantas campanhas existem para incentivar homens a prevenir câncer de próstata?

        “Recorte mal feito sem concatenação nenhuma com os parágrafos anterior, mas eu compreendo seu problema, isto é devido a seu analfabetismo funcional e inaptidão para escrever uma critica”

        Vc curte mesmo um ad hominem, não?

        “Um tanto quanto incoerente e confusa tanto em aspecto verbal e nominal : o que da margem a diversas interpretação . ”

        Não dá margem não, vc é que não entendeu. O argumento é simples: se câncer de prostata é mais comum que câncer de mama e é exclusivo de homens.

        “Recorte mal feito sem concatenação nenhuma com os parágrafos anterior, mas eu compreendo seu problema, isto é devido a seu analfabetismo funcional e inaptidão para escrever uma critica.”

        O único analfabeto funcional aqui é vc. O link do blog do Silvio Koerich NADA TEM A VER com sua discussão com o Raphael. FUI EU quem postei isso lá atrás no meu debate paralelo com o VINICIUS. NÃO TEM ABSOLUTAMENTE NADA A VER COM SEU DEBATE COM O RAPHAEL. Vc, na sua pressa, é que leu tudo mal e pela metade, confundindo os debates.

        “ O termo “FILHO DE UMA PUTA” foi utilizado para causar indignação ao leitor, com objetivo de fazer com uma auto inferência ao termo “mãe” “puta” e “mulher” colocando as convicções em relação ao machismo em duvida objetivo concretizado devido às ofensas recebidas como “esquerdopata” “IDIOTA” “sub-produto” “Loser.rs””

        Cara, não sei o que vc está cheirando, mas deve ser muito bom. Mais uma vez vc respondeu ao Raphael algo que EU DISSE, confundiu tudo de novo. Vc não colocou o machismo em dúvida, simplesmente difamou o machismo acusando-o de ser complacente o estupro e o aborto, o que é falso.

        “em nenhum momento eu lhe ofendi, você apenas fez auto inferência qual eu pretendia.”

        Rsrsrs…seus malabarismos retóricos são hilários. Vc afirma que somos machistas e depois nos difama acusando-nos de ser complacentes com o estupro e o aborto, isso é uma ofensa SIM.

        Obs: vcs não leitores NENHUM nessa porra de blog de vcs. Eu tenho um programa que dá o pagerank de blogs, e o Pagerank dessa cabana de inverno é ZERO.

        • Adendo: A moça do tópico do orkut em questão tirou as informações de fontes tão variadas e confiáveis como o washington examiner, a BBC NEWS, telegraph.co.uk/ e o Portaldafamilia.org.

        • hahahhahaha que loser,depois imploram para não serem zuados….

          hahahhahaahhaha

  97. Não sei oque é pior, o machismo relatado neste texto, ou a hostilidade de varios comentarios

  98. É sério que tem tanta gente que pensa assim? Esse mundo realmente não tem evoluido se as pessoas ainda julgam as outras pelo sexo a que pertencem. Parece até quando exilavam os leprosos sem saber que hanseníase não é contagioso.

  99. nem perdi tempo lendo todo o post do lobo e nem os comentários equivocados sobre o seu. você está coberto de razão. o sexismo ainda existe e é muito pesado e encobertado. muitos progressos foram feitos, claro, mas toda a minoria de 50 anos atrás ainda é minoria hoje.

  100. “Tem toda hora dezenas de propaganda na TV conscientizando mulheres a fazer exames de câncer de mama, agora me diga quantas campanhas existem para incentivar homens a prevenir câncer de próstata? ”

    existem várias cara,mas vá convencer um homem á fazer um exame de prostata(conheço um senhor que todo ano faz o exame,e todo ano é sacaneado pelos amigos..como se chama isso?),não sei se vc viu a campanha para que homens frequentassem o médico mais vezes.Homens não gostam de médicos,e isso em qualquer lugar do mundo,não é culpa do governo,mas se vc ainda achar que é culpa do governo,sugiro vc vá á Brasilia lutar pelos seus direitos.(ñ é ironia)

    Obs:Tenho um programa que vê a maturidade das pessoas e a maturidade desse tal de Jack Deth é ZERO!

    • “existem várias cara,mas vá convencer um homem á fazer um exame de prostata”

      Não viaja, meu. Se apareceu na TV uma única vez uma propaganda de prevenção de câncer da próstata é muito.

      “Homens não gostam de médicos,e isso em qualquer lugar do mundo,não é culpa do governo”

      E por acaso alguém gosta de ir ao médico? Mais um motivo para o governo investir na prevenção do câncer de próstata e conscientizar o público masculino da importância do exame, igual ao que é feito com as mulheres.

      “Obs:Tenho um programa que vê a maturidade das pessoas e a maturidade desse tal de Jack Deth é ZERO!”

      Ficou triste com a constatação que ninguém lê esse blog de vcs? Tsc,tsc,tsc,tsc..

  101. Nuss eu lir isso tudo aqui mesmo???
    Pelo que eu vi aqui os dois Lado da discussão apresentou suas opiniões exaustivamente juntamente com seus amigos, então eu nem vou falar mais nada, porque o que foi dito ja ta bom pra esclarecer quem ainda esta na duvida.
    Mas vou falar que o debate ta melhor que o texto, quem leu sabe porque..
    Aew maior sucesso seu blog shaushuahs

  102. “existem várias cara,mas vá convencer um homem á fazer um exame de prostata”

    Não viaja, meu. Se apareceu na TV uma única vez uma propaganda de prevenção de câncer da próstata é muito.

    “Homens não gostam de médicos,e isso em qualquer lugar do mundo,não é culpa do governo”

    E por acaso alguém gosta de ir ao médico? Mais um motivo para o governo investir na prevenção do câncer de próstata e conscientizar o público masculino da importância do exame, igual ao que é feito com as mulheres.

    “Obs:Tenho um programa que vê a maturidade das pessoas e a maturidade desse tal de Jack Deth é ZERO!”

    Ficou triste com a constatação que ninguém lê esse blog de vcs? Tsc,tsc,tsc,tsc.

    • hahahha apenas ri da sua tentativa infantil de ofensa,quantos c tem 12,13?
      tem uns blogs bem legais pra sua idade com o page rank altissimo…

      ps:E se a culpa é do governo vá para Brasilia,é so pedir pra mamãe!

      • “Duas coisas: segundo vc blogs não são fontes confiáveis,”

        Sim blog’s para mim não são fontes confiáveis, por mais que a internet facilite e agilize o acesso à informação, para mim é improvável que substituía a leitura de livros. A agilização e velocidade a qual a internet disponibiliza informação tem seus aspectos positivos e negativos. Entre os positivos é a democratização (aos que possuem tal serviço) cultural (filmes, livros e musica), e os negativos, é que fragmenta a informação pois dificulta a identificação e legitimação do emissor. Criarei uma imagem para exemplificar como se da tal fragmentação: vamos supor um individuo comprou um livro sobre retórica, neste livro estava contido um conceito sobre um artifício retórico, este individuo faz uma citação em seu blog de maneira resumida e esquece de colocar vários detalhes peculiares sobre o artifício retórico, os receptores crentes no caráter e competência intelectual do emissor aceitam tal explicação sem questionamento ou duvida, em seguida os receptores saem propagando o artifício retórico de maneira errônea, assim propagando a ignorância e a mentira, transformando a “Word Wide Web (ampla rede mundial)” em uma “Word Wide Web of Gossip (ampla rede mundial de fofoca).”

        “então isso significa que este blog está cheio de abobrinhas (o que de fato está)”

        Pela opinião expressa por vários debatedores deste blog pode se considerar que há muita “abobrinha ( que ao meu ver este termo seja utilizado para se referir a falácias ou idéias sem redundâncias)”, porem a cada receptor de informação deste debate é dada a faculdade mental do raciocínio(algo o qual você é desprovido) cabe a ele selecionar e julgar como verdadeiras ou falsas as informações deste debate, Porem “abobrinha” é um alimento saudável se consumido com moderação. O problema é que há receptores coprofagos como você, desprovidos da capacidade critica, acabam aceitando maneira passiva o que a mídia propaga.

        “saberia que as informações não são de blog, foram retirados do”

        Neste site não há nenhum dado que comprove os dados emitidos pelo amigo “raphael” , a qual informação expressa pelo pequeno “raphael” você se refere ? as pessoas deste site têm capacitação profissional para emitir tal informação? Que base o senhor tem para comprovar a capacitação dos profissionais deste site, eu não conheço não posso argumentar em relação a isto. Felizmente eu não sou adepto a coprofagia, eu não tendo a aceitar como verdade absoluta tudo que me dizem ou que a mídia propaga.

        “(um cara esperto como vc deve saber o que é um http://www.org)”

        vamos por partes. “http” é a abreviatura dada para a termologia “Hypertext Transfer Protocol” O HyperText Transfer Protocol é um protocolo de aplicação responsável pelo tratamento de pedidos e respostas entre cliente e servidor na “Word Wide Web (WWW)” esta que é um sistema de documentos em hipermídia que são interligados e executados na Internet. Quanto a “org” é o domínio de topo oficial para utilização sem restrições (qualquer tipo de site o pode utilizar), mas é mais utilizado pelas organizações não governamentais. Bem! Se você acha que um site é digno de credibilidade por que tem um “org” e a mesma coisa que falar que todos os políticos do Brasil são honestos.

        “Mulheres são incentivadas a cuidar da saúde mais que homens.”

        Mais um homem Macho! louco para levar uma dedada no meio do cu! Sinceramente! eu espero nunca fazer o exame de próstata! Espero que quando chegue o dia de tal exame se tenha desenvolvido técnicas menos rústicas e desconfortáveis.

        “Tem toda hora dezenas de propaganda na TV conscientizando mulheres a fazer exames de câncer de mama, agora me diga quantas campanhas existem para incentivar homens a prevenir câncer de próstata?”

        Mesmo que o governo expenda recursos com propagandas para conscientização da população masculina sobre o câncer de próstata. Existe um pensamento masculino muito disseminado pela sociedade, que é o da figura “ativa” do homem, ou que aplica a ação ou seja a dominante (que introduz o pênis), ao fazer o exame de próstata este papel se inverte colocando o homem como ser passivo ou seja que recebe a ação (que recebe o pênis). Assim relacionando este exame a praticas homossexualista, assim ameaçando a hegemonia fálica do homem.

        Aqui há uma propaganda sobre o câncer de próstata nela é abordada o tema preconceito masculino em relação ao exame (http://www.youtube.com/watch?v=yZmH_xjA8IY

        E estas é uma das piadinhas que contribui para o homem não ir fazer o exame de próstata (http://www.youtube.com/watch?v=dZR2S2pX_bs)

        “Vc curte mesmo um ad hominem, não?”

        não sei muito bem do que se trata um Argumentum ad hominem ao qual você trata com desleixo e banalização, vamos por partes. “uma falácia, ou erro de raciocínio, identificada quando alguém responde a algum argumento com uma crítica a quem fez o argumento, e não ao argumento em si.” Em nenhum momento fui falacioso critiquei todos de maneira construtiva apontando as falhas argumentativas e técnicas para se ter melhor compreensão e desenvolvimento do debate.

        “Argumento ad hominem abusivo: é o ataque direto à pessoa, colocando seu caráter em dúvida e, portanto, a validade de sua argumentação: em que momento da minha argumentação”

        Em nenhum momento da minha argumentação critiquei o caráter de alguém de maneira direta se você Jack Deth considera analfabetismo funcional e inaptidão para escrever uma critica uma falha moral para mim é uma falha técnica, diferente do preconceito esta desaparece com um pouco de estudo.

        “Argumento ad hominem circunstancial: é o ataque que atinge a circunstante do adversário em um debate. O fato de se tratar de uma pessoa que está sofrendo, no momento, de uma forte raiva pode ser usado para esse tipo de ataque.”

        Apesar das especulações do pequeno “raphael” em nenhum momento eu perdi o controle, o que pode ser considerado um ataque de raiva é apenas o “filho de uma puta” utilizado em letras maiúsculas.

        “Argumento “poço envenenado”: coloca em foco a validade do argumento e a imparcialidade do adversário, sugerindo que o último tem algo a ganhar com a defesa daquele ponto de vista”

        se alguém encontrar este tipo de argumento no meu texto pro favor indique.

        “Tu quoque: o adversário é acusado de praticar algo muito semelhante ao que ele critica. Tu quoque significa você também. É uma argumento muito comum e eficaz, pois tende a colocar o oponente na defensiva.”

        Todo debatedor que critiquei, provavelmente pratica os preconceitos entre eles o “machismo” então é desnecessário na minha situação a utilização de tal argumento.

        “Não dá margem não, vc é que não entendeu.”

        Bem eu estou respeitando a norma ortográfica, o ignorante aqui é você que desconhece tal norma. infelizmente neste debate tive o trabalho de criptográfar e traduzir o que certos indivíduos escreveram, pois varios debatedores não respeitarem as normas gramaticais e ortográficas e por eu não conhecer as gírias da rua e das Lan houses demandou um tempo extra criptografação e tradução. No momento que me imiscui em tal debate pensei que encontraria pessoas no mesmo nível intelectual mas apenas me deparei com parvos e tolos que repudiam e menosprezam o português formal, e que são incapazes de aceitar uma critica ou formular alguma que não seja calcada em cima de recortes da internet. A partir de agora não discuto mais com analfabetos do senso comum.

        “O argumento é simples: se câncer de prostata é mais comum que câncer de mama e é exclusivo de homens.”

        Se for este o assunto trabalhei de maneira exaustiva na minha argumentação anterior, sai do seu ócio mental e leia atentamente.

        “O único analfabeto funcional aqui é vc. O link do blog do Silvio Koerich NADA TEM A VER com sua discussão com o Raphael.”

        Se o senhor não prestou atenção o link do blog ao qual mencionei, se trata de um recorte a qual o pequeno “raphael” fez, este por ignorância ou plagio esqueceu de colocar a referencia bibliográfica, ao qual indique o site e o parágrafo.

        “FUI EU quem postei isso lá atrás no meu debate paralelo com o VINICIUS. NÃO TEM ABSOLUTAMENTE NADA A VER COM SEU DEBATE COM O RAPHAEL.”

        Isto me leva a crer que você não é um analfabeto mas sim um retardado mental, pois não lê os texto que divulga, pois foi incapaz de identificar na argumentação do pequeno “raphael” um recorte mal feito de um site o qual você mesmo indicou. de fato eu não li o que foi escrito por você nos post’s anteriores pois eu não me interesso pela merda que um coprofago escreve.

        “Vc, na sua pressa, é que leu tudo mal e pela metade, confundindo os debates.”

        Quem leu com pressa é você, pois escreve com pressa percebo isto pelos erros ortográficos e gramaticais apresentados no seu texto, e por ser incapaz de perceber uma citação de um site divulgado por você, ao qual seu amigo “raphael” por ignorância ou plagio esqueceu de fazer referencia bibliográfica.

        “Cara, não sei o que vc está cheirando, mas deve ser muito bom.”

        Não cheiro nada que degrade minhas habilidades cognoscitivas, sensitivas ou motoras que me empeça de escrever um texto legível. No seu caso deve ser perda de massa encefálica, devido aos vários exames próstata sucessivos ao qual você prestou. Você merece remédio tarja preta.

        “Mais uma vez vc respondeu ao Raphael algo que EU DISSE, confundiu tudo de novo.”

        Eu não li há nenhum post seu, e não sei o que você comentou nos post’s anteriores pois eu não me interesso pela opinião de uma pessoa adepta a coprofagia.

        “Vc não colocou o machismo em dúvida,”

        Se não coloquei por que sua indignação ? acho que você esta em crise, pois esta reivindicando exame de próstata gratuito.

        “simplesmente difamou o machismo acusando-o de ser complacente o estupro e o aborto, o que é falso.”

        Apenas um idiota se daria ao trabalho de difamar um preconceito tão estúpido. Eu afirmei que o machismo é complacente com o aborto e o estupro. É complacente com o estupro pois reduz a figura da mulher a um mero objeto sexual impossibilitando que ela exerça a sua escolha se submetendo a vontade do homem, entre estas vontades a sexual. Em relação ao aborto, um dos motivos que levam a uma mulher a abortar é o não reconhecimento da paternidade por parte do pai, que trata com descaso e abando a criação dos filhos.

        “Rsrsrs…seus malabarismos retóricos são hilários”

        Malabarismo retórico esta um nível acima das minhas capacidades intelectuais, isto é apenas capacidade básica de escrever um texto respeitando o português formal, algo que se aprende no primário, habilidade a qual você apetece.

        “Vc afirma que somos machistas e depois nos difama acusando-nos de ser complacentes com o estupro e o aborto, isso é uma ofensa SIM.”

        Bem ! minha critica foi voltada para o “machismo” um preconceito deveras estúpido, e afirmei de maneira peremptória e cabal que este preconceito é complacente com o estupro e o aborto, sem ofender a dignidade ou honra de qualquer pessoa, Você pequeno “Jack Deth” que auto degrada sua dignidade e honra ao ser conivente a tais preconceitos.

        “Obs: vcs não leitores NENHUM nessa porra de blog de vcs. Eu tenho um programa que dá o pagerank de blogs, e o Pagerank dessa cabana de inverno é ZERO.”

        Enquanto eu faço uma analise dos preconceitos a qual afligem a nossa sociedade e discuto sobre a dignidade humana e liberdade, este ser coprofagico apenas se preocupa com a popularidade do blog! agora eu entendo seu valores morais, estes que são nulos, você é um ser que comete qual qualquer tipo de ação em beneficio próprio, você degradou a figura da mulher e do ser humano apenas com a preocupação de tornar um blog popular você é um verme que não deveria andar pelas ruas livremente. Não perco mais meu tempo discutindo com gente da sua laia.

        • John Hendrix, para começar me poupe dessas tentativas de mostrar erudição.

          “O problema é que há receptores coprofagos como você, desprovidos da capacidade critica, acabam aceitando maneira passiva o que a mídia propaga.”

          Me chamar de “coprofago” não é falácia ad hominum? Se eu aceitasse de maneira passiva o que a mídia propaga seria feminista e não daria a mínima para questões e problemas masculinos.

          “Neste site não há nenhum dado que comprove os dados emitidos pelo amigo “raphael” , a qual informação expressa pelo pequeno “raphael” você se refere ?”

          Ou seja, vc acusa o sites como Washington examiner e BBC news de fornecer informações falsas. Mas se referências bibliográficas são o problema então sugiro a leitura de livros como “The Myth of male power” do Warren Farrell e “Sexo, mentiras e feminismo” de Peter Zohab.

          “as pessoas deste site têm capacitação profissional para emitir tal informação? Que base o senhor tem para comprovar a capacitação dos profissionais deste site, eu não conheço não posso argumentar em relação a isto.”

          Vc não viu os links mesmo, hein?(Washington examiner, BBC news).

          “Bem! Se você acha que um site é digno de credibilidade por que tem um “org” e a mesma coisa que falar que todos os políticos do Brasil são honestos.”

          Todo seu argumento se resume ao seguinte: fontes de internet não são confiáveis. Sendo assim, o próprio link que vc postou do Jornal do Brasil deve ser colocado em dúvida (vc mesmo disse para não aceitar como verdade absoluta o que a mídia propaga). Esse tipo de tática é comum na internet. Se alguém mostra uma pesquisa dizendo “X” o interlocutor, acuado, começa a colocar em dúvida a credibilidade da fonte(numa espécie de variante da falácia de envenenar o poço) ao invés de demonstrar por A + B porque a informação está errada.

          “ Existe um pensamento masculino muito disseminado pela sociedade, que é o da figura “ativa” do homem, ou que aplica a ação ou seja a dominante (que introduz o pênis), ao fazer o exame de próstata este papel se inverte colocando o homem como ser passivo ou seja que recebe a ação (que recebe o pênis).”

          Ou seja, mais um motivo para o governo investir numa campanha, conscientizar homens da importância do exame, fazer homens perder o preconceito contra fazer esse tipo de exame.

          “não sei muito bem do que se trata um Argumentum ad hominem ao qual você trata com desleixo e banalização, vamos por partes.”

          Vou resumir para vc. Vc, ao longo do texto, utilizou de vários ataques ao interlocutores da causa machista, tentando colocar em dúvida sua sanidade mental(“vc odeia sua progenitora”, etc) quanto inteligência, ao invés de provar que o argumento está errado pela sua lógica implícita.

          “Todo debatedor que critiquei, provavelmente pratica os preconceitos entre eles o “machismo” então é desnecessário na minha situação a utilização de tal argumento.”

          Isso é falácia da pressuposição. Vc julga machismo pelo que a mídia e o senso-comum entendem como machismo, não pelo que os machistas esclarecidos compreendem por machismo. Prova disso é achar que machismo é complacente com estupro, não é.

          “Em nenhum momento da minha argumentação critiquei o caráter de alguém de maneira direta”

          De forma direta não, mas acusar os interlocutores de forma geral de serem complacentes com estupro é sim um ataque ao caráter.

          “Apesar das especulações do pequeno “raphael” em nenhum momento eu perdi o controle, o que pode ser considerado um ataque de raiva é apenas o “filho de uma puta” utilizado em letras maiúsculas.”

          Vejamos, vc afirma que em nenhum momento perdeu o controle e logo em seguida diz que teve um ataque de raiva. Ter ataque de raiva é uma forma de perder o controle, isso é uma contradição.

          “Enquanto eu faço uma analise dos preconceitos a qual afligem a nossa sociedade e discuto sobre a dignidade humana e liberdade, este ser coprofagico apenas se preocupa com a popularidade do blog!”

          Bom, se vc está tão preocupado assim com os preconceitos que afligem a sociedade deveria estar tbm preocupado em divulgar essa mensagem e conscientizar o máximo de pessoas possíveis. Sendo assim, vc devia estar mais preocupado com a popularidade do blog do que eu.

  103. Pq meu comentario não é aprovado se ja responderam ate em baixo dele ?

  104. E agora, excluiram meu comentario ? Pq isso ?

  105. Vinicius, sobre genetica comportamental:

    O texto que vc retirou do site fala contra o DETERMINISMO GENETICO, que é justamente uma posição extrema análoga à Tabula Rasa (nada inato, tudo é determinado pelo meio). Não é isso que a genetica comportamental diz.. tudo é interação gene X meio.

    É como ter propenção à diabetes, vc tem uma tendencia a desenvolve-la, mas pode cuidar da alimentação, se tratar e evitar, porém vc tem a tendencia, isso é inegável.
    É assim que funciona com esses estudos de gemeos identicos e não identicos.

    Gemeos identicos compartilham praticamente 100% dos genes, enquanto os não identicos, 50%.

    Quando adotados e criados por familias diferentes, fazem testes de personalidade e os identicos tem em media 50% de semelhanças, enquanto os não identicos, 25% – exatamente metade do numero de genes que eles tem em comum. Da onde se conclui que há uma herdabilidade de 50% na personalidade humana.

  106. E falando de sexos, as noções de que homens tenderem a comportamentos e desejos masculinos, e mulheres tenderem a comportamentos e desejos femininos, tambem são fatos – há varias evidencias biologicas, e tb de psicologia cognitiva.

    O experimento cientifico extremo para isso seria pegar um bebe menino, tirar seu orgao, fazer uma cirurgia p/ deixa-lo com uma “vagina” e cria-lo como uma menina, inclusive a base de hormonios femininos. Pior que isso foi feito no passado ! E os casos deram merda.

    Nesses casos, alguns bebes meninos que nasceram sem orgaos ou foram castrados por acidentes, foram tratados assim por acordo entre pais e medicos.
    A principio feministas usavam como exemplos de que os papeis dos sexos sao socialmente construidos, mas depois descobriu-se que estavam acobertando os fatos… pois desde crianças ja mostravam tendencias a se comportarem de acordo com seus verdadeiros sexos e varios inclusive declararam: Eu sou um menino ! Isso com cerca de 5 anos de idade ! Li especificamente sobre dois casos, onde eles tiveram depressao na adolescencia, e depois de descobrirem suas verdadeiras historias, resolveram passar a viver como homens, chegando ate a casar com mulheres. Um deles, infelizmente, terminou em suicidio. Veja este aqui: http://en.wikipedia.org/wiki/David_Reimer

    É questão de assumir apenas que é BULLSHIT total essa ideia que as indentidades dos sexos foram puramente socialmente construidas, ou que nos somos ‘Tabulas Rasas’. http://pt.wikipedia.org/wiki/Tabula_Rasa

    Claro que tudo é interação gene x meio.

    Por exemplo, vi estudos que apontam para a opção sexual sendo 70% peso de genes e 30 % do meio. Alguns traços tem herdabilidade de 50% ou menos, e outros traços, como a inteligencia, tem grande peso genetico, passando 70%.

  107. Postei uma continuação tb, só que ficou longa e esta aguardando aprovação da moderação

    Grato

  108. TAMBEM POSTEI,ESPERANDO PELA APROVAÇÃO !

%d blogueiros gostam disto: