Assinatura RSS

Não me agrida!

Publicado em

Sentir não é o suficiente. É necessário realmente existir.

Imaginem um lugar onde cada pessoa tem sua definição de Deus, cada uma com sua definição, que lhe proporciona seu significado de vida, é seu guia. Temos, nesta questão, duas alternativas:

1 – O indivíduo acha que sua versão de Deus está certa, por conseqüência, a versão das outras pessoas estão erradas.

2 – O indivíduo respeita todas as opiniões e não diz que a dele é a certa, só diz que a dele é “a dele” (cada um é cada um).

Estamos em uma sociedade onde as opiniões não podem ser atacadas, no máximo podem ser comentadas e no fim da conversa a diplomacia acontece, um olha para o outro e fala “Ok, essa é a sua opinião e esta é a minha” e ponto final! Ninguém chega a conclusão nenhuma, ambos são narcisistas o bastante para achar que são deuses da realidade, amam a si próprios, amam suas opiniões e como elas são belas, mas odeiam vê-las destruídas.

O que fazemos quando algo agride nosso interior, quando ficamos mal em estar perto, quando nossa consciência fica perturbada? Evitamos ou destruímos. Não conseguimos viver perto de algo que fere profundamente nosso ser mais substancial.

Porém, nos dias atuais, a ideologia dominante tomou formas de tolerância e culturalização dos problemas econômicos e políticos, e conseguimos tolerar aquilo que nos agride, partindo do pré-suposto que “cada um é cada um”, “nada me agride”, “este é meu jeito de ser” e tantos conceitos narcisistas. Ninguém é especial o bastante para ser o proprietário da verdade, sendo assim, a discussão é sempre válida. Tolerância foi um ótimo meio de livrar o mundo do mal das lutas (sejam elas quais forem).

Voltando às duas alternativas: A primeira diz respeito a um arrogante narcisista, a segunda a um paspalho medroso e, claro, narcisista. Nenhum deles admite o fato de não serem senhores de suas vidas e, por isso, inventam teorias que lhe agradam. O mundo é feio demais.

É mais fácil cuidar da própria vida, tendo a individual maneira universal de agir.

Anúncios

Sobre Vinicius

Fascista desde criancinha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: