Assinatura RSS

A Verdade, Ponto de Vista e Relativismo Absoluto

Publicado em

Há uns tempos eu estava conversando com um amigo sobre um determinado livro de um determinado pensador. O nome do livro e do pensador não são importantes. No fim de sua observação, depois de reclamar de como o livro era extenso e que seria tema de uma prova, ele reclamou, “Esse cara acha que está falando uma verdade absoluta!”. Este é o ponto. Ontem estava conversando com um amigo que fez algumas observações sobre meu ponto de vista sobre um assunto, o problema é que eu havia feito toda uma fundamentação antes de falar a frase final, a frase conclusiva. Não era um ponto de vista, era uma conclusão racional e embasada (apesar de parecer bem arrogante).

Dentro de uma nova perspectiva de nosso atual mundo multicultural (desde que o outro não demonstre sua alteridade) e tolerante (desde que não chegue muito perto), a tentativa de entender tudo e todos, todas culturas, todas motivações, todas as doutrinas filosóficas místicas, devemos relativizar tudo etc e etc, posicionou a Verdade dentro de uma prisão, onde ela não pode ser tirada e ninguém pode alcança-la. Diria até mais, executaram a Verdade. Tornou-se termo antigo, ultrapassado.

Porém, se nós vivemos em um mundo material, então nada depende do meu ponto de vista. Pessoas com pontos de vista diferentes são como duas pessoas, em distâncias e lugares diferentes olhando o mesmo objeto. O objeto está lá, as duas pessoas que estão deslocadas. Com descrições diferentes, não há como as duas estarem corretas, mas há como as duas estarem erradas.

Voltando ao livro do pensador. Sim! Ele acha estar falando uma verdade absoluta, pois ele não jogou uma frase pro céu, mas, por meio de um método racional e lógico, chegou a uma conclusão. Não depende de gostar ou de se sentir aproximado à conclusão. Ou você encontra o erro, ou admite sua veracidade.

Esse relativismo absoluto é mais uma das brechas ideológicas da democracia liberal. Se tudo é questão de ponto de vista, então, sou racista e não posso ser reprimido. É meu ponto de vista, respeite.

Abre-se, assim, um espaço para a expressão obsoleta de várias correntes já desmitificadas e já rebatidas. Como o próprio conservadorismo fascista. Porém, o verdadeiro problema é a democracia liberal! O conservadorismo é só a fantasia dentro da fantasia.

Anúncios

Sobre Vinicius

Fascista desde criancinha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: